Programa de Compensação alcança mais de 1.400 propostas apresentadas aos moradores

Compensações estão aceleradas com ampliação da equipe de atendimento

Por Assessoria | Edição do dia 8 de setembro de 2020
Categoria: Alagoas, Notícias | Tags:


O Programa de Compensação Financeira e Apoio à Realocação ultrapassou as 1.400 propostas apresentadas aos moradores. No balanço mensal apresentado às autoridades signatárias do Termo de Acordo feito com a Braskem, 855 dessas propostas já aparecem como compensações pagas até o final de agosto – as demais estão em trâmite. Ao longo do mês, 389 novas propostas foram apresentadas aos moradores.

Como parte das medidas de aceleração do fluxo de compensação, as equipes de atendimento foram ampliadas e agora contam com mais de 200 advogados, facilitadores e pessoal de apoio, que estão dando celeridade ao Programa. Para atender reivindicações da comunidade, uma equipe especializada está fazendo o atendimento de comerciantes da área de desocupação, cuidando especificamente das negociações que envolvem a contabilização da renda de cada negócio. O objetivo é facilitar a entrada deles no Programa.

Com a antecipação do cronograma em cerca de 5 meses, os próximos a serem chamados para entrada no fluxo de compensação serão os moradores dos lotes 8 a 12 da Ajuda Humanitária e demais moradores da Zona D (Pinheiro), a partir de outubro.

Originalmente, essas famílias seriam atendidas apenas em janeiro. Também com a antecipação, em janeiro começa a entrada no fluxo de compensação dos moradores da Zona E, adicionados em julho no acordo, e dos imóveis que estão sendo avaliados pela Junta Técnica. No mês de agosto foram apresentadas mais de 380 propostas, fruto dos esforços de antecipação das compensações.

Hoje, o Programa tem 7.558 imóveis identificados dentro das áreas de risco e mais 212 imóveis identificados pela Junta Técnica nas áreas de criticidade 01. Com mais de 5 mil mudanças realizadas, 20 mil moradores já estão fora das áreas de risco identificadas pela Defesa Civil nos bairros do Pinheiro, Bebedouro, Mutange e Bom Parto.

Realocação dos moradores da Zona E
Um total de 204 mudanças foram feitas também em agosto, e há pelo menos 335 marcadas para os próximos dias. A prestação de contas às autoridades mostrou ainda que todos os 2.517 imóveis da Zona

E, a última a ser adicionada ao mapa de desocupação, já foram identificados. A Braskem está, agora, orientando os moradores da Zona E a providenciar a documentação necessária para seu atendimento e mudança: documento de identidade, comprovante de residência e dados bancários.
Caso o morador não tenha uma conta em banco, pode solicitar ajuda para que ela seja aberta. O mesmo acontece com os documentos do imóvel.

Para mais informações, o site braskem.com.br/alagoas ou o telefone 0800-006-3029 de segunda a sexta, das 9 às 18 horas, exceto nos feriados (ligação gratuita, inclusive de celular) estão à disposição dos moradores.

Deixe uma resposta

Publicidade
 
 
Publicidade

2019 O dia mais - Todos os direitos reservados