Processador Eagle: entenda como funciona o computador quântico mais avançado da IBM

A IBM anunciou que seu novo processador quântico – que usa propriedades da física quântica para fazer cálculos – ultrapassou o limite de processamento existente em máquinas.

Processador Eagle: entenda como funciona o computador quântico mais avançado da IBM

A IBM anunciou que seu novo processador quântico – que usa propriedades da física quântica para fazer cálculos – ultrapassou o limite de processamento existente em máquinas.

Por | Edição do dia 18 de novembro de 2021
Categoria: Conceito | Tags:


A IBM anunciou nesta semana a criação de um processador quântico avançado, batizado de Eagle (águia, em inglês).

Processadores quânticos podem revolucionar a computação ao usar propriedades das partículas da física quântica para fazer cálculos, superando em muito a capacidade de processamento dos processadores convencionais, que usam linguagem binária.

No entanto, dificuldades na construção de versões práticas de computadores quânticos em grande escala mantinham a ideia restrita a experimentos de laboratório.

O novo processador desenvolvido pela IBM tem 127 “qubits”, o dobro do dispositivo da IBM anterior. “Qubits” são as unidades mais básicas de informação em um computador quântico — análogos aos “bits” em computadores normais, mas muito mais potentes.

A empresa disse que seu novo processador Eagle é “um marco importante no caminho para a computação quântica prática”.

Detalhes não revelados

 

Mas o professor Scott Aaronson, especialista em computação quântica da Universidade do Texas em Austin, disse que mais detalhes são necessários para avaliar se isso representa um avanço significativo.

“Estou ansioso para ver os detalhes”, disse Aaronson em seu blog.

Fonte: BBC

Deixe uma resposta

Publicidade
 
 
Publicidade

2019 O dia mais - Todos os direitos reservados