PRF apreende carga de cocaína avaliada em R$ 60 milhões

Mais de 1,2 tonelada da droga era transportada em um caminhão carregado de cerâmica que foi abordado em Canapi

PRF apreende carga de cocaína avaliada em R$ 60 milhões

Mais de 1,2 tonelada da droga era transportada em um caminhão carregado de cerâmica que foi abordado em Canapi

Por | Edição do dia 2 de outubro de 2018
Categoria: Notícias, Polícia | Tags: ,,,


Uma carga de cocaína avaliada em R$ 6 milhões foi apreendida na noite desta segunda-fera, na BR-423, trecho que fica na cidade de Canapi, Sertão de Alagoas. A apreensão foi feita por policiais rodoviários federais, no que seria apenas uma abordagem de rotina. O motorista de um caminhão tipo baú ficou nervoso, tentou fugir do bloqueio, mas foi dominado. Na revista, os policiais encontraram cerca de 1,2 tonelada de cocaína, distribuída em tabletes acondicionada em malotes, como se fosse dinheiro. A droga estava camuflada no meio de uma carga de cerâmica.

csm_prf-cocaina-prf-apreensao-assessoria_c7720e0579

Policiais contaram que a abordagem seguia normalmente, quando o condutor do caminhão-baú foi o abordado da vez. Nervoso, o motorista apresentou a documentação da cerâmica que carregava e, em tom muito alterado, disse que precisava seguir viagem urgentemente. Isso chamou a atenção dos policiais que decidiram pela revista ao veículo.

Avisado de que o caminhão seria revistado, o motorista saiu com o veículo e, mais adiantes, pulou com o caminhão em movimento. Ele se feriu e foi atendido por uma unidade do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu), em seguida, foi levado sob forte escolta para o Hospital Regional Dr. Clodolfo Rodrigues de Melo, em Santana do Ipanema. O motorista não teve o nome revelado, mas tem 35 anos e é de Pernambuco.

As suspeitas são de que a droga saiu de Pernambuco e seria levada para a Bahia. A rodovia BR-423 é, relativamente pouco vigiada e representa uma pequena “travessia” em Alagoas, que liga Pernambuco a Bahia. Mas, neste percurso, há a Unidade Operacional de Polícia (UOP), da PRF, instalada no povoado Carié.

Enquanto isso, outra equipe da PRF fazia a abertura do caminhão com placas de Escada/PE. Na revista, os policiais encontraram a grande quantidade de cocaína. Para a PRF, essa foi a maior apreensão de cocaína no Nordeste, nos últimos anos.

O inquérito policial será de responsabilidade da Delegacia de Repressão ao Narcotráfico (DRN), que foi acionada logo depois da apreensão e enviou policiais civis para o local. Através de um recibo, a PRF deverá repassar a droga apreendida para a Polícia Civil alagoana, responsável agora pelas investigações no sentido de identificar quem mandou entregar e quem deveria receber a droga.

Deixe uma resposta

Publicidade
 
 
Publicidade

2019 O dia mais - Todos os direitos reservados