Presidente do TJAL enaltece conciliações com uso de tecnologia

Para o presidente do Judiciário, Semana Nacional da Conciliação mostra que a virtualidade pode diminuir distâncias e favorecer a paz

Presidente do TJAL enaltece conciliações com uso de tecnologia

Para o presidente do Judiciário, Semana Nacional da Conciliação mostra que a virtualidade pode diminuir distâncias e favorecer a paz

Por Assessoria | Edição do dia 1 de dezembro de 2020
Categoria: Notícias | Tags: ,,


Foto: Reprodução

O presidente do Tribunal de Justiça de Alagoas, Tutmés Airan, falou sobre a já bem-sucedida alternativa adotada pelo Judiciário de realizar a Semana Nacional da Conciliação de forma virtual, driblando as dificuldades impostas pela pandemia de Covid-19.

O desembargador ingressou brevemente em audiência virtual, conduzida pela conciliadora Ana Paula, e trocou algumas palavras com as partes que buscavam a conciliação. “Estou muito feliz de participar dessa audiência. Desejo a vocês que façam o melhor acordo possível”, afirmou.

Para o presidente, esta edição da Semana “mostra que a gente pode usar bem o caminho da virtualidade para fazer com que as nossas distâncias sejam diminuídas, fazendo o bom uso da internet, para que a internet favoreça as pessoas e ajude a construir a paz, ao invés do ódio”.

Mais cedo, durante solenidade de posse de duas mediadoras, Tutmés Airan afirmou acreditar que o Poder Judiciário precisa repensar os seus métodos decisórios, privilegiando as conciliações, pois a forma tradicional de lidar com os conflitos não tem se mostrado viável para o poder público. “Que nesta semana toda surjam muitos acordos, que é a melhor forma de resolver os conflitos”, disse.

A Semana Nacional da Conciliação teve início na segunda-feira (30) e segue até o próximo dia 4. No primeiro dia da força-tarefa, o Centro Judicial de Solução de Conflitos (Cejusc), que funciona no Fórum da Capital, obteve 52% de acordos. Foram realizadas ao todo 65 audiências.

Cerca de 500 audiências estão previstas durante a semana, só na capital. A força-tarefa é composta em parceria com o Centro Universitário Tiradentes (Unit).

Deixe uma resposta

Publicidade
 
 
Publicidade

2019 O dia mais - Todos os direitos reservados