Presidente da Embratur, alagoano Gilson Machado, faz declarações homofóbicas em live

Presidente da Embratur, alagoano Gilson Machado, faz declarações homofóbicas em live

Por Redação | Edição do dia 25 de junho de 2020
Categoria: Brasil, Notícias | Tags: ,


Foto: Reprodução / Veja

O presidente da Embratur, o alagoano Gilson Machado, fez declarações homofóbicas durante live com a ministra Damares Alves, na tarde desta quarta-feira, 24. Ao comentar a peça “O Evangelho segundo Jesus, Rainha do Céu”, ele disse que a comunidade gay brasileira quer “impor sua sexualidade perante a grande maioria de cristãos brasileiros”.

De acordo com coluna Radar, da revista Veja, a live trataria do tema “Direito à vida e dignidade” e entre o temas abordados, estavam a pedofilia e a prostituição. Porém, em um determinado momento, Machado relembrou a peça “O Evangelho segundo Jesus, Rainha do Céu”, encenada em Pernambuco, há dois anos, que retratou Jesus como um homem homossexual.

Ele disse que a linha entre o sagrado e o profano não é tênue, “é grossa”. Em seguida, disse que a comunidade gay quer impor a homossexualidade e completou ao dizer: “E, outra coisa: eu não tenho nada contra quem usa seu orifício rugoso infra-lombar para fazer sexo”.

Ao terminar sua fala e notar que poderia ter dito ao desagradável, ele pediu desculpas a Damares e a ministra não comentou o que foi dito.

Vale lembrar que a comunidade LGBTQIA+ representa cerca de 10% dos viajantes no mundo e, por tanto, movimenta o setor do turismo, área onde Machado atua.

Deixe uma resposta

Publicidade
 
 
Publicidade

2019 O dia mais - Todos os direitos reservados