Presidência do TJAL lamenta falecimento do desembargador Mário Ramalho

Sepultamento começou a ser realizado nesta sexta-feira, às 11h, no Campo Santo Parque das Flores, em Maceió

Por Dicom TJAL | Edição do dia 23 de outubro de 2020
Categoria: Alagoas, Notícias | Tags: ,


Foto: TJAL

A Presidência do Poder Judiciário de Alagoas comunica, com pesar, o falecimento do desembargador Mário Casado Ramalho. O sepultamento começou a ser realizado nesta sexta-feira (23), às 11h, no Campo Santo Parque das Flores, em Maceió. Mário Ramalho serviu à magistratura alagoana por 43 anos, entre 1968 e 2011.

Carreira no Judiciário

Mário Casado Ramalho ingressou na magistratura em 20 de fevereiro de 1968, ano em que foi nomeado juiz de Direito da comarca de Água Branca (1ª Entrância). Em 18 de fevereiro de 1971 foi removido, a pedido, para a comarca de Colônia Leopoldina (1ª Entrância). Foi promovido, por merecimento, para a comarca de Capela (2ª Entrância) em 02 de abril de 1974 e removido, a pedido, para a comarca de Atalaia (2ª Entrância) em 28 de agosto de 1975.

Foi promovido, por merecimento, para a comarca da Capital em 06 de julho de 1981 e serviu, sucessivamente, como juiz titular da 9ª Vara, da 3ª Vara de Família e da 2ª Vara Cível de Feitos Não Privativos. Atuou como Juiz Titular do Tribunal Regional Eleitoral de Alagoas (TRE), entre dezembro de 1997 e maio de 1999. Finalmente, ingressou por antiguidade no cargo de desembargador do Tribunal de Justiça do Estado de Alagoas em 05 de maio de 1999.

Deixe uma resposta

Publicidade
 
 
Publicidade

2019 O dia mais - Todos os direitos reservados