Presença de Marta carregando bandeira olímpica emociona alagoanos

Presença de Marta carregando bandeira olímpica emociona alagoanos

Por | Edição do dia 6 de agosto de 2016
Categoria: Esportes, Outros Esportes | Tags: ,


A Cerimônia de Abertura das Olimpíadas do Rio de Janeiro foi assistida por bilhões de pessoas em todo o mundo e contou com vários momentos emocionantes. Para os alagoanos, um brinde extra foi ver a Rainha Marta carregando a bandeira olímpica, pouco antes da entrada da tocha no Maracanã. Visivelmente emocionada, Marta fez várias pessoas sentirem uma ponta de orgulho por seu estado e por mais essa conquista daquela menina talentosa e teimosa que insistia em jogar com os meninos em Dois Riachos.

Ela carregou a bandeira com os arcos olímpicos ao lado dos atletas e ex-atletas Joaquim Cruz (atletismo), Emanuel Rêgo (vôlei de praia), Sandra Pires (vôlei de praia), Oscar Schimdt (basquete) e Torben Grael (vela), além da juíza Ellen Grace, primeira mulher indicada para o Supremo Tribunal Federal (STF) e de Rosa Celia Pimentel, fundadora da instituição Pró-Criança Cardíaca.

Na verdade, as emoções entre os alagoanos foram as mais diversas. Catalisador da mobilização alagoana, como sempre, o perfil Maceió Ordinário dava amostras dos grupos de Whatsapp, Twitter, murais de Facebook e até as mesas de bar e salas de casa, onde amigos e famílias reuniram-se para ver as boas vindas que o Rio de Janeiro preparou para os atletas.

Imagem: reprodução

Como sempre, amor e ódio lado a lado nas redes sociais (Imagem: reprodução Facebook)

 

Entre os comentários na postagem, houve quem criticasse os gastos com a realização das Olimpíadas ao invés de serviços públicos para a população, quem dissesse que Marta não merecia toda essa comoção e verdadeiras temeridades carregadas de machismo e homofobia.

Contudo, o alagoano quis sim um alento à alma “desse estado tão sofrido” e as mensagens de admiração e apoio foram muitas. Alguns disseram que a jogadora, única atleta a ser escolhida cinco vezes seguidas como melhor jogadora de futebol do mundo – feito alcançado por nenhum homem – devia ter sido escolhida para acender a pira olímpica.

Outros lembraram a garra de Marta e suas companheiras da seleção feminina, deixando um recado bem alagoano para que Neymar “bote sua mola” e faça a seleção masculina se destacar. Houve ainda quem lembrasse de outro alagoano nas Olimpíadas, o atleta de vôlei Maurício Borges.

Marta volta a jogar na noite deste sábado (06), contra a Suécia, país onde fez sua carreira profissional decolar.

 

Deixe uma resposta

Publicidade
 
 
Publicidade

2019 O dia mais - Todos os direitos reservados