Prefeitura entrega 350 carteiras de habilitação e lança 100 novas vagas para o CNH Social

CNH Social é voltada para os usuários inseridos no Cadastro Único, que podem escolher as categorias carro ou moto

Prefeitura entrega 350 carteiras de habilitação e lança 100 novas vagas para o CNH Social

CNH Social é voltada para os usuários inseridos no Cadastro Único, que podem escolher as categorias carro ou moto

Por Assessoria | Edição do dia 3 de junho de 2022
Categoria: Maceió, Ultimas Notícias | Tags: ,,


Foto: Reprodução

O prefeito de Maceió, JHC, entregou nesta sexta-feira (3) as 350 carteiras nacionais de habilitação da primeira etapa do Programa CNH Social, lançado em dezembro de 2021. O programa visa promover e garantir novas oportunidades de emprego para os maceioenses que são usuários do Cadastro Único na capital. A CNH Social teve apoio do senador Rodrigo Cunha que assegurou emendas parlamentares para a iniciativa do município.

“Essa foi uma política pública lançada a pouco tempo, mas já é um sucesso. É uma política pública efetiva, que entrega nas mãos das pessoas uma oportunidade de emprego. Tivemos um grande número de mulheres contempladas nessa primeira edição do programa. Nós sabemos da dificuldade da população que vive nas grotas. Somente 7% dessas pessoas têm acesso à CNH, e esse é um dado relevante que a gente precisa vencer”, frisou JHC.

A CNH Social é voltada para os usuários inseridos no Cadastro Único. Com o programa, os interessados poderão optar pelo curso de formação de condutores nas categorias de carro ou moto.

Alessandra Duarte da Silva, foi uma das mulheres entre os 68% das que receberam a CNH na primeira etapa do programa. Ela conta que ter a CNH era um sonho. “Se não fosse esse programa não teria como tirar a carteira agora. Isso vai me ajudar e muito já que é pré-requisito para vagas de emprego”, contou.

O secretário de Assistência Social, Carlos Jorge, contou que a gestão quer ver os maceioenses habilitados e com emprego formal.

“É muita alegria hoje, na fase dois da CNH Social. Lutamos muito para esse programa sair, foi determinado pelo prefeito JHC, e que vai triplicar a meta. Esse programa está fazendo uma grande diferença em centenas e centenas de vidas, e trabalha a ascensão social. Queremos ver vocês habilitados e com emprego formal”, disse.

“Projeto inovador” – O senador Rodrigo Cunha afirmou que este é um projeto inovador e que vai garantir empregos para os maceioenses.

“Estamos diante de um projeto inovador da prefeitura, projeto que olha para o cidadão. Caminhamos pelas áreas mais vulneráveis, recebemos mensagens das pessoas que querem ter acesso às vagas de emprego e sabemos que a CNH na mão é oportunidade de garantir emprego”, afirmou.

O programa CNH Social é realizado com a parceria do Serviço Social do Transporte e o Serviço Nacional de Aprendizagem do Transporte. As aulas práticas e teóricas deverão durar em torno de três meses.

O programa também oferece transporte com o cartão Vamu, da Superintendência Municipal de Transportes e Trânsito (SMTT), que custeia o embarque nos ônibus do Sistema Integrado de Mobilidade de Maceió (SIMM) e garante o acesso dos alunos às autoescolas.

Como participar? – A Secretaria Municipal de Assistência Social abre na segunda-feira (06), inscrições para as 100 vagas do Programa CNH Social. As inscrições acontecem nos dias 6 e 7 de junho, através do link.

Para participar é necessário ter mais de 18 anos; ser inscrito no CadÚnico com renda per capta de até meio salário-mínimo; saber ler e escrever; possuir RG e CPF; comprovar domicílio em Maceió com CEP válido; não estar judicialmente impedido de possuir a CNH; e ter e-mail.

Após a seleção, será disponibilizado no site da Prefeitura a relação de todos os candidatos validados, de acordo com a ordem de inscrição por categoria.  Os candidatos selecionados deverão comparecer à sede do Cadastro Único, no bairro da Serraria, no dia e horário marcado, munidos da documentação visando comprovar as informações prestadas no ato da inscrição:

a)    Documento oficial de identificação (original e fotocópia);

b)    Cadastro de Pessoa Física – CPF (original e fotocópia);

c)    Certidão de Nascimento dos dependentes, se houver (original e fotocópia);

d)    Comprovante de residência ou domicílio no município de Maceió (original e fotocópia);

e)    Declaração, a próprio punho, de que sabe ler e escrever, lavrada no ato da comprovação;

f)  Termo de Responsabilidade sobre as informações prestadas na inscrição, assinado no ato da comprovação;

g)   Declaração de que conhece e aceita todas as condições de participação do Programa de Formação, Qualificação e Habilitação Profissional de Condutores de Veículos Automotores (CHN-SOCIAL), assinado no ato da comprovação;

h)   Comprovante de inscrição no Cadastro Único de Maceió.

Deixe uma resposta

Publicidade
 
 
Publicidade

2019 O dia mais - Todos os direitos reservados