Prefeitura de Maceió revitaliza área de descarte irregular no bairro do Farol

Semanalmente, no local, eram recolhidos mais de 130 toneladas de materiais despejados pela própria população

Prefeitura de Maceió revitaliza área de descarte irregular no bairro do Farol

Semanalmente, no local, eram recolhidos mais de 130 toneladas de materiais despejados pela própria população

Por Assessoria | Edição do dia 15 de fevereiro de 2022
Categoria: Maceió | Tags: ,,


Prefeitura de Maceió revitaliza área de descarte irregular no bairro do Farol. (Foto: Ascom Sudes)

Resíduos da construção civil, restos de podas de árvores e inservíveis eram os itens mais encontrados em uma área de descarte irregular, situada na Avenida Íris Alagoense, no bairro do Farol. Agora, com a revitalização feita pela Prefeitura de Maceió, as 130 toneladas de materiais recolhidas semanalmente deram lugar a um ambiente mais sustentável e agradável para quem transita pela região.

Antes do trabalho realizado. Foto: Ascom Sudes

Antes do trabalho realizado. (Foto: Ascom Sudes)

Ponto foi totalmente revitalizado. Foto: Ascom Sudes

Ponto foi totalmente revitalizado. (Foto: Ascom Sudes)

Para chegar ao resultado final, a Superintendência Municipal de Desenvolvimento Sustentável (Sudes) aplicou 500m² de grama natural e construiu uma calçada onde antes havia apenas lixo e faltava estrutura adequada para os pedestres. Além disso, para tornar a área ainda mais verde e apagar a imagem de degradação ambiental, o órgão realizou o plantio de 15 mudas de árvores nativas, variando entre ipês roxos e rosas.

Região estava em total estado de abandono. Foto: Ascom Sudes

Região estava em total estado de abandono. (Foto: Ascom Sudes)

O órgão realizou o plantio de 15 mudas de árvores nativas, variando entre ipês roxos e rosas. Foto: Ascom Sudes

O órgão realizou o plantio de 15 mudas de árvores nativas, variando entre ipês roxos e rosas. (Foto: Ascom Sudes)

Para o superintendente da Sudes, Ronaldo Farias, é extremamente importante que essas áreas sejam retiradas da rota do descarte irregular e devolvidas à população.

“É satisfatório acompanhar o trabalho realizado nestas áreas. Pegamos esses locais em um estado grave de muito lixo, depositado diariamente por pessoas irresponsáveis. Isso causa problemas à saúde da população, ao meio ambiente, aos cofres públicos, além de prejudicar a imagem da cidade com os turistas”, disse.

Antes havia apenas lixo e falta de estrutura adequada para os pedestres. Foto: Ascom Sudes

Antes havia apenas lixo e falta de estrutura adequada para os pedestres. (Foto: Ascom Sudes)

A Prefeitura aplicou 500m² de grama natural e construiu uma calçada. Foto: Ascom Sudes

A Prefeitura aplicou 500m² de grama natural e construiu uma calçada. (Foto: Ascom Sudes)

Ainda de acordo com o superintendente, a intenção é atingir diversos pontos da capital que compartilham desse problema. “Temos um mapeamento dos pontos de lixo e iremos nos empenhar para alterar essa realidade, realizando revitalizações e transformando em locais sustentáveis e agradáveis para quem é morador ou comerciante do entorno”, completou.

Durante o ano de 2021, as mais de 220 mil toneladas de resíduos recolhidas pela Prefeitura nos mais de 200 pontos crônicos de descarte irregular espalhados pela cidade, resultaram em um gasto extra de R$ 29 milhões, que poderiam ser aplicados em aperfeiçoamentos para a limpeza urbana de Maceió.

Outras áreas mapeadas pela Sudes serão revitalizadas. Foto: Ascom Sudes

Outras áreas mapeadas pela Sudes serão revitalizadas. (Foto: Ascom Sudes)

Deixe uma resposta

Publicidade
 
 
Publicidade

2019 O dia mais - Todos os direitos reservados