Prefeitura atua em bairros com altos índices de violência contra a mulher

As ações ocorreram na Cidade Universitária

Prefeitura atua em bairros com altos índices de violência contra a mulher

As ações ocorreram na Cidade Universitária

Por Assessoria | Edição do dia 25 de agosto de 2021
Categoria: Maceió | Tags: ,,,


Dando continuidade às ações de combate a violência contra a mulher, equipes da Prefeitura de Maceió estiveram, novamente, nas ruas orientando a população. Desta vez, as ações ocorreram na Cidade Universitária, nesta terça (24), e a partir das 14h de hoje (25), as equipes estarão na feirinha do Tabuleiro, também na parte alta da cidade.

Ação reuniu 50 mulheres da Cidade Universitária. (Foto: Itawi Albuquerque)

Na Cidade Universitária, às 18h, cerca de 50 mulheres se reuniram na Associação dos Moradores do Conjunto Cidade Jardim para dialogar com o Gabinete de Políticas Públicas para Mulheres de Maceió. As representantes do Município ouviram os anseios e necessidades da população, além de informar sobre seus direitos e a campanha Agosto Lilás. Ao fim da conversa, as participantes tiveram uma aula de Zumba para fortalecer sua autoestima.

Já na feirinha do Tabuleiro, a ação se dará através de 150 materiais impressos, entre panfletos e da cartilha “É sobre salvar mulheres”. O objetivo é fortalecer a frente “Mulher informada” do programa “Salve Mulher” na comunidade. Dentre as pautas trabalhadas, estão a violência contra a mulher, a ratificação da Casa da Mulher Alagoana como um espaço seguro para atender as vítimas e o empenho da atual gestão da Prefeitura em criar e fortalecer políticas públicas para mulheres de Maceió.

A iniciativa, que integra o “Salve mulher”, escolheu os dois pontos por serem alguns dos bairros com maiores índices de casos de violência contra mulheres na capital. De janeiro a agosto de 2020, o Tabuleiro do Martins registrou 97 infrações contra a Lei Maria da Penha, enquanto a Cidade Universitária somou 86 boletins de ocorrência. Os locais ficam atrás apenas do Benedito Bentes, onde o Gabinete esteve no último dia 19. Os dados são da Secretaria de Estado de Segurança Pública (SSP/AL).

“Queremos estar cada vez mais próximas da população, principalmente das mulheres, mostrando que elas não estão sozinhas. Grande parte das agressões ocorrem dentro de casa, e nós estamos oferecendo toda a estrutura para mudar a realidade das que precisam e garantir seus direitos”, pontuou Ana Paula Mendes, coordenadora do Gabinete de Políticas Públicas para Mulheres.

Salve Mulher

Lançado em junho deste ano, o “Salve Mulher” é um programa de enfrentamento à violência contra mulheres e meninas. O programa compreenderá vários setores do Município, além da Segurança, como Educação e Saúde. Outra premissa é a de prevenir através da informação, onde, esclarecendo direitos e caminhos, a Prefeitura espera transformar a sociedade em parceiros para, então, coibir a prática na capital.

Deixe uma resposta

Publicidade
 
 
Publicidade

2019 O dia mais - Todos os direitos reservados