Prefeito JHC entrega ultracongeladores para Central de Frio de Maceió

Novos equipamentos vão permitir armazenamento do imunizante por até seis meses

Prefeito JHC entrega ultracongeladores para Central de Frio de Maceió

Novos equipamentos vão permitir armazenamento do imunizante por até seis meses

Por Redação com Assessoria | Edição do dia 8 de maio de 2021
Categoria: Maceió, Saúde


A Prefeitura de Maceió sai na frente mais uma vez e está preparada para armazenar as vacinas da Pfizer enviadas pelo Ministério da Saúde e que exigem baixíssimas temperaturas. Neste sábado (08), o prefeito JHC fez a entrega à Central Municipal  de  Rede de Frio de ultracongeladores adquiridos pelo Município.

São dois ultracongeladores verticais com capacidade de 800 litros e temperatura de -86 graus; um ultracongelador vertical que pode armazenar 580 litros, também em temperatura de -86 graus; e mais três congeladores horizontais, com capacidade de 400 litros e temperatura de -30 graus.

Os equipamentos vieram de São Paulo e vão permitir o armazenamento dos imunizantes por até seis meses. O valor do investimento é cerca de R$ 160 mil.

“Os ultracongeladores têm características técnicas, específicas para poder armazenar, ou seja, congelar as vacinas da Pfizer. Portanto, hoje, conseguimos completar todo o ciclo necessário para fazer o manuseio dessas doses. Maceió está dando exemplo, já se antecipou e saiu na frente”, explica o prefeito JHC.

“A vacinação em Maceió é referência e exemplo para o Brasil e vamos continuar da mesma maneira. É o corujão, vacina 24h, contratação de mais de 400 profissionais e capacitação, que resulta no tratamento humanizado. Maceió está 100% preparada”, finaliza JHC.

Os ultracongeladores chegaram com todas as certificações nacionais e internacionais. Como explica o secretário executivo do Gabinete do Prefeito, Claydson Moura. “Foi uma força tarefa a partir de uma determinação do prefeito. A Prefeitura se empenhou para garantir os equipamentos. Virou uma corrida, o Brasil e o mundo todo precisam desses equipamentos e Maceió mais uma vez dá exemplo e sai na frente. Tudo isso dentro de uma estrutura já montada, inclusive com gerador 24 horas por dia, para garantir a segurança energética e manter todas essas vacinas e equipamentos em pleno funcionamento”.

O secretário municipal de Saúde, Pedro Madeiro, falou sobre o planejamento da capital alagoana para a vacinação. “Em todos os oito pontos nós temos uma sala climatizada exclusiva para vacinar.  A medida que a população for convocada para ser público alvo da vacina Pfizer, vocês podem ir com a garantia de todos os cuidados necessários recomendados pela Pfizer, para garantir que a vacina chegue em excelente qualidade para a população”.

O Ministério da Saúde já contratou 100 milhões de doses e vai investir mais R$ 6,6 bilhões na compra de mais 100 milhões desses imunizantes.

O vice-prefeito Ronaldo Lessa acompanhou a entrega e destacou que a prioridade da gestão municipal é salvar vidas. “Todo avanço de Maceió é um exemplo para o país. Política é definir a prioridade, e a prioridade é vida. E esse prefeito trata tanto da vida, defendendo pessoas, levando a sério, isso é política. Vidas importam e essa é a questão principal de Maceió”.

Deixe uma resposta

Publicidade
 
 
Publicidade

2019 O dia mais - Todos os direitos reservados