Prefeito de Maragogi revoga decreto que permitia reabertura de estabelecimentos

A revogação foi feita após recomendação do MPAL

Prefeito de Maragogi revoga decreto que permitia reabertura de estabelecimentos

A revogação foi feita após recomendação do MPAL

Por Assessoria MPAL | Edição do dia 25 de maio de 2020
Categoria: Alagoas, Notícias | Tags: ,,,


Foto: Reprodução / Internet

O Ministério Público do Estado de Alagoas (MPE/AL), por meio da Promotoria de Justiça de Maragogi, entendendo a importância do enfrentamento ao novo coconavírus e, de forma preventiva, a suspensão do funcionamento de estabelecimentos com atividades que promovam aglomerações, orientou ao prefeito Sérgio Lira que revogasse o Decreto Municipal 021/2020 pelo qual estabelecia a reabertura de academias de ginástica, salões de beleza e barbearias. O chefe do Executivo Municipal acatou e decidiu seguir o Decreto nº 69.844 do Governo do Estado que define medidas mais acirradas para evitar uma proliferação maior da Covid-19. No momento, Alagoas, até esse domingo (24) registrava um total de 6.214 casos confirmados, sendo 2.222 deles em isolamento domiciliar (casos considerados leves), outros 240 internados em leitos públicos e privados. Ao todo 3.436 pessoas já se recuperaram da doença e 316 morreram.

O prefeito de Maragogi, Sérgio Lira, havia publicado o Decreto no Diário Oficial do Município, no dia 11 de maio alegando que os estabelecimentos que havia liberado prestavam serviços indispensáveis aos munícipes. No entanto, o MPE/AL alerta para o número de pessoas infectadas na cidade, até esse domingo (24) somando 55 e ressaltando que o momento é de empenho, unindo forças com o distanciamento e isolamento social.

“Vivemos um tempo atípico e com números que estarrecem. Mais de seis mil pessoas foram infectadas pela Covid-19 em Alagoas, a doença se propaga por todos os municípios e em Maragogi já passamos de cinquenta registros. Então, o Ministério Público não está sendo um carcereiro, mas protetor do cidadão quando orienta ao gestor para seguir o decreto estadual e, dessa forma, evitar mais contaminação pelo coronavírus e mortes”, fala a promotora de Jutiça, Francisca Paula.

Distribuídos por cidades, a situação em Alagoas, em relação à Covid-19, em 96 municípios, é a seguinte: Maceió (3.585), Arapiraca (239), Marechal Deodoro (170), Rio Largo (144), São Sebastião (122), Satuba (116), São Miguel dos Campos (115), Coruripe (115), Porto Calvo (114), Teotonio Vilela (114), Atalaia (79), Palmeira dos Índios (77), Pilar (77), Murici (71), União dos Palmares (61), Junqueiro (56), Maragogi (55), Santana do Ipanema (54), Jequiá da Praia (52), São José da Laje (45), Santa Luzia do Norte (44), São Luís do Quitunde (33), Capela (21), Anadia (20), Campo Alegre (19), São Miguel dos Milagres (19), Boca da Mata (19), Barra de São Miguel (19), Paripueira (19), Penedo (18), Girau do Ponciano (18), Olho d´Água das Flores (18), Coqueiro Seco (17), Viçosa (17), Craíbas (16), Maribondo (16), Colônia Leopoldina (15), Campestre (15), Quebrangulo (15), Passo de Camaragibe (16), São José da Tapera (16), Barra de Santo Antônio (14), Piaçabuçu (13), Taquarana (12), Pão de Açúcar (12), Feira Grande (12), Delmiro Gouveia (12), Limoeiro de Anadia (11), Paulo Jacinto (10), Matriz do Camaragibe (10), Carneiros (10), Joaquim Gomes (10),  Campo Grande (9), Japaratinga (9), Messias (9), Major Izidoro (8), Porto de Pedras (8), São Brás (8), Tanque d´Arca (7), Batalha (7), Dois Riachos (7),  Pindoba (6), Cacimbinhas (6), Ouro Branco (6), Cajueiro (6), Branquinha (5), Porto Real do Colégio (5), Olho d´Água do Casado (5), Lagoa da Canoa (5), Ibateguara (5), Maravilha (4), Monteirópolis (4), Coité do Noia (4), Jacuípe (4), Traipu (4), Roteiro (4), Poço das Trincheiras (4), Mar Vermelho (3), Flexeiras (3), Inhapi (3), Olho d´Água Grande (3) Piranhas (2), Olivença (2), Senador Rui Palmeira (2), Feliz Deserto (2), Novo Lino (2), Jundiá (2), Santana do Mundaú (2),   Jaramataia (1), Palestina (1), Canapi (1), Igaci (1), Minador do Negrão (1), Estrela de Alagoas (1) e Jacaré dos Homens (1).  As outras 33 pessoas que testaram positivo para a Covid-19 em Alagoas eram naturais de Pernambuco, Distrito Federal, Rio de Janeiro, São Paulo, Bahia e Santa Catarina.

Deixe uma resposta

Publicidade
 
 
Publicidade

2019 O dia mais - Todos os direitos reservados