Prefeito autoriza reforma de todas as escolas municipais

Por | Edição do dia 21 de outubro de 2015
Categoria: Notícias


Obras empacadas e dificuldade de honrar compromissos são situações comuns na maioria dos municípios brasileiros que, na atual conjuntura, têm sofrido com a recessão econômica do País. Ainda assim, contrariando o cenário a Prefeitura de Maceió anunciou, nesta quarta-feira (21), um pacote de R$ 7,8 milhões de recursos próprios para contribuir com as ações de reestruturação da Rede Municipal de Ensino.

Prefeito Rui Palmeira Assina Ordem de Serviço Para Reforma do Centro Municipal Infantil José Maria de Mello. Foto:Marco Antônio/Secom Maceió

Prefeito Rui Palmeira Assina Ordem de Serviço Para Reforma do Centro Municipal Infantil José Maria de Mello.
Foto:Marco Antônio/Secom Maceió

Conforme ordem de serviço assinada pelo prefeito Rui Palmeira e pela secretária municipal de Educação, Ana Dayse Dorea, o pacote vai contemplar a reforma de todas as escolas que compõem a rede, beneficiando cerca de 50 mil estudantes. “Conseguimos esse feito porque existe um esforço da gestão para passar, religiosamente, os 25% da arrecadação do Município para investimentos na educação, recurso esse que somado ao Fundeb está sendo utilizado de forma séria e eficiente na estruturação da Rede”, explicou Rui Palmeira.

“Temos economizado onde é preciso, cortando custos e, mesmo com a crise, dado respostas a população, como é o caso dos investimentos de recursos dos cofres públicos municipais na Educação, que estão sendo utilizados para reformar e até reconstruir escolas, além de disponibilizar fardamento completo e material escolar aos estudantes, entre outras ações”, reforçou o prefeito.

Imediatamente após a assinatura, as obras serão iniciadas em seis grandes escolas da Secretaria Municipal de Educação (Semed). Para o vice-prefeito, Marcelo Palmeira, o pacote reforça o compromisso do Município com a educação em Maceió. “Entendo como um conjunto harmonioso, já que quando reformamos ou inauguramos escolas estamos, na verdade, fomentando melhores condições aos estudantes, educadores e, sobretudo, para a comunidade”, frisou.

Durante a assinatura, Ana Dayse comentou o esforço feito na pasta para levantar o recurso. “Com a autorização do prefeito nós fizemos um grande trabalho para contenção de gastos, como é o caso, da diminuição de diárias. Um esforço que já tem sido refletido positivamente na requalificação das escolas. Uma prova disso são as muitas reformas que estão em andamento, a exemplo das escolas Nosso Lar, que vai voltar a se chamar Hélio Lemos, na Ponta Grossa e Rui Palmeira, no Vergel do Lago”, destacou a gestora.

Do pacote anunciado, a primeira escola a ser totalmente reformada será o Caic do Benedito Bentes. “A unidade atua na educação infantil e atende 320 crianças de quatro a cinco anos. Trabalho aqui há 15 anos e posso dizer que hoje para nós é um dia de muita emoção. Acredito na educação e ações como estas muito me emocionam, sem falar que todos saem ganhando”, comemorou a diretora da escola, Maria Juraci da Silva.

O líder comunitário e conselheiro tutelar recém eleito, Silas Santos, prestigiou a solenidade e aproveitou para destacar a atenção da Prefeitura com o Benedito Bentes. “Mais uma importante ação da Prefeitura para beneficiar a cidade e, em especial, o Benedito Bentes. Essa é, sem dúvida, a gestão que abriu as portas para as comunidades as aproximou do poder público municipal”, complementou.

 

Deixe uma resposta

Publicidade
 
 
Publicidade

2019 O dia mais - Todos os direitos reservados