Prédios do conjunto Jardim Acácia começaram a ser demolidos nesta terça

Quatro blocos serão demolidos até o dia 5 de maio por empresa contratada pela Braskem

Prédios do conjunto Jardim Acácia começaram a ser demolidos nesta terça

Quatro blocos serão demolidos até o dia 5 de maio por empresa contratada pela Braskem

Por | Edição do dia 7 de abril de 2020
Categoria: Maceió, Notícias | Tags: ,,,,,


jamerson_soares

Demolição dos prédios do conjunto Jardim Acácia. Foto: Jamerson Soares

Os prédios do conjunto habitacional Jardim Acácia, no bairro Pinheiro, em Maceió, começaram a ser demolidos na manhã desta terça-feira, 7, por uma empresa de engenharia contratada pela Braskem. Os quatro blocos tiveram as estruturas comprometidas por causa da instabilidade no solo da região que provocou rachaduras em imóveis e no asfalto. As demolições acontecerão até o dia 5 de maio.

Os blocos que serão demolidos são o 7, 8, 9 e 15. Eles estão em área interditada pela Defesa Civil. De acordo com o relatório técnico da Coordenadoria Especial Municipal de Proteção e Defesa Social (Compdec), os prédios apresentavam risco de tombamento e, por isso, o recomendado seria a demolição. A Prefeitura de Maceió também informou que, com a aproximação do período de chuva, a situação poderia se agravar e causar mais riscos à população.

Para que o trabalho seja realizado, foi necessária a interdição parcial de duas vias do bairro: a Rua Manoel Menezes, no trecho que vai do cruzamento com a Alameda São Benedito ao cruzamento com a Alameda Cônego Cavalcante de Oliveira; e a Alameda Cônego Cavalcante de Oliveira, no trecho que vai do cruzamento com a Rua Manoel Menezes ao cruzamento com a Rua Basileu de Meira Barbosa.

O comércio do trecho parcialmente interditado na Rua Manoel Menezes continua em funcionamento, a exemplo do supermercado Pilar e da Farmácia do Trabalhador. Apesar disso, o estacionamento dos estabelecimentos foram afetados.

A intenção da ação não prevê prejuízos no fornecimento do serviço de energia, abastecimento de água e esgoto e de gás. Mas os órgãos responsáveis já foram informados sobre a demolição.

O trabalho de demolição se trata de uma cooperação técnica firmada em acordo entre a Prefeitura de Maceió e a Braskem. Os proprietários dos imóveis estão recebendo uma declaração de instabilidade, com informações da demolição, por meio da Defesa Civil. Quem ainda não teve acesso ao documento, pode ser informado por meio do contato telefônico 0800 030 6205.

A Braskem reforça que todos os imóveis dos quatro blocos foram identificados pela equipe de técnicos sociais da empresa para que os proprietários e inquilinos fossem incluídos no Programa de Compensação Financeira.

Veja vídeo da demolição:

 

*Com informações do G1AL

Deixe uma resposta

Publicidade
 
 
Publicidade

2019 O dia mais - Todos os direitos reservados