Polícia prende suspeitos de furto em torre de telefonia na Serraria

Polícia prende suspeitos de furto em torre de telefonia na Serraria

Por | Edição do dia 17 de fevereiro de 2020
Categoria: Notícias, Polícia | Tags: ,,,,


csm_assalto_torre_divulgacao_17-02-20__1__74a9b76078

Após analisar as câmeras de monitoramento, a Polícia Civil identificou e prendeu nesta segunda-feira (17) dois funcionários de uma rede de telefonia por furto a baterias e outros equipamentos em uma torre de telecomunicação. O crime ocorreu no dia 31 de dezembro do ano passado, no conjunto José Tenório, no bairro da Serraria, em Maceió.

Segundo a polícia, as imagens ajudaram a identificar o carro dos suspeitos – um GM Corsa, cor Azul – onde os agentes conseguiram através da placa do veículo chegar ao primeiro funcionário, que estava no Village Campestre. Em depoimento, ele afirmou que era terceirizado da empresa Claro e no dia do furto havia feito manutenções nas redes de telefonia.

No momento do crime, o suspeito – que não teve o nome divulgado – furtou pelo menos oito baterias e outros equipamentos. Ainda em depoimento, ele informou onde o parceiro do crime estava e também disse os dois já haviam vendido parte do material roubado a uma terceira pessoa, que também foi identificada e presa por receptação.

Na casa da dupla, os agentes encontraram diversos equipamentos de telefonia e recolheu os crachás e coletes utilizados no dia do furto.

Eles foram levados para a sede Divisão Especial de Investigações e Capturas (DEIC) e devem responder por crime de furto qualificado.

Roubos a torres de telegonia em 2019

csm_assalto_torre_divulgacao_17-02-20__2__fc7fe72620

Ainda de acordo com os depoimentos, por serem funcionários de uma empresa, o acesso ao local era fácil. Mas, segundo o delegado Fábio Costa, essa pratica criminosa está se tornando comum e os arrombamentos nessa torres foram frequentes no fim de 2019.

O delgado apontou que durante a investigação, somente no mesmo dia desse furto, outras quatro torres também foram roubadas. Nos registros da Deic cerca de  36 baterias de 115 AH foram veladas por criminosos. A polícia acredita que muitos dois equipamentos furtados são para serem utilizados nos conhecidos paredões de som.

Deixe uma resposta

Publicidade
 
 
Publicidade

2019 O dia mais - Todos os direitos reservados