Polícia prende suspeito de informar operações pelo WhatsApp em AL

José Marcelo atuava desde o ano passado e a suspeita que ele fazia parte de um grupo que divulgava informações policiais

Por | Edição do dia 14 de janeiro de 2019
Categoria: Notícias, Polícia | Tags: ,,,,,,


Suspeito foi levado para a sede do Deic, no bairro da Santa Amélia (Divulgação PC/AL)

Suspeito foi levado para a sede do Deic, no bairro da Santa Amélia (Divulgação PC/AL)

José Marcelo Rodrigues da Silva, 36 anos, foi preso , na manhã desta segunda-feira (14), em Maceió, suspeito de divulgar informações policiais em grupo de WhatsApp. A prisão aconteceu após o suspeito divulgar fotos de uma operação realizada pelo BPTran (Batalhão de Polícia de Trânsito) e da SMTT ( Superintendência Municipal de Transportes e Trânsito), no bairro de Santa Amélia, na capital.

Segundo as investigações policiais, José Marcelo atuava desde o ano passado e a suspeita que ele fazia parte de um grupo que divulgava informações policiais através de um aplicativo de mensagens.

As investigações apontam que o suspeito era pago por um grupo de transportadores clandestinos para repassar informações e que outras pessoas envolvidas serão investigadas e podem ser presas.

“Esse grupo de transportadores clandestino remunerava ele para ‘pontear’ os policiais e repassar as informações e, com isso, os transportadores clandestinos saíam dessas áreas e procuravam outras rotas para fugir da fiscalização”, disse o delegado Thiago Prado.

O suspeito foi levado para a sede do Divisão Especial de Investigação e Capturas (Deic), no bairro Santa Amélia, onde foi autuado pelo crime de atentado contra a segurança de serviço de utilidade pública, que prevê uma pena de até cinco anos de reclusão e multa.

Deixe uma resposta

Publicidade
 
 
Publicidade

2019 O dia mais - Todos os direitos reservados