Polícia prende homem acusado de homicídio em Craíbas

Assassinato aconteceu por ciúmes

Polícia prende homem acusado de homicídio em Craíbas

Assassinato aconteceu por ciúmes

Por Assessoria | Edição do dia 26 de janeiro de 2022
Categoria: Polícia | Tags: ,,,


A Polícia Civil prendeu um jovem de 18 anos acusado de ter matado um homem a tiros em sua residência em novembro do ano passado. A prisão ocorreu nesta última terça-feira (25), em Craíbas.

Ele é acusado de homicídio duplamente qualificado, praticado no dia 17 de novembro do ano passado, contra André Freire que foi morto a tiros em sua residência, na Rua Francisco Olímpio Cavalcante. Na ocasião, a vítima ainda foi socorrida para Unidade de Emergência de Arapiraca, onde faleceu dez dias depois.

O crime ocorreu por causa de uma briga entre a vítima e o acusado, ocasionada por ciúmes. André teria dado uma “cantada” na companheira do acusado, que ainda deu um soco no olho da companheira que foi embora para São Paulo.

Logo após praticar o crime, o acusado também foragiu para o Estado de São Paulo, mas depois que a Polícia Civil realizou diligências nos endereços de seus familiares em São Paulo, ele retornou para Alagoas, tendo sido preso e levado para o Centro Integrado de Segurança Pública (CISP) de Craíbas.

Identificação

Após os procedimentos legais, o preso foi encaminhado para a Central de Polícia Civil de Arapiraca a fim de ser realizada sua identificação criminal, pois o mesmo não possui documento de identificação com foto. Também foi submetido a Exame de Corpo de Delito no Instituto Médico Legal (IML), e se encontra à disposição do Juízo de Direito da 8ª Vara Criminal.

A equipe do 62° DP ainda trabalha para identificar um suposto coautor ou partícipe da ação criminosa que foi cometida por pessoas que estavam em um carro, de cor prata. A investigação vai tentar identificar quem dirigiu o veículo, porque jovem preso é acusado de ser o atirador.

O acusado morava nos fundos da casa da vítima e ao lado da oficina mecânica de André, situada defronte à casa dos pais da companheira da vítima.

O delegado Guilherme Iusten solicita a população que continue denunciando os crimes e os criminosos pelo disque denúncia 181, e agradece o apoio delegado Mário Jorge Barros, gerente de Polícia Judiciária da Região 3 (GPJ3), do delegado-geral, Carlos Reis e do secretário de Segurança Pública, Alfredo Gaspar.

Deixe uma resposta

Publicidade
 
 
Publicidade

2019 O dia mais - Todos os direitos reservados