Polícia Militar deflagra operação policial em homenagem ao Dia das Mães

Além da capital, operação está sendo desencadeada em outros municípios da área do CPC

Polícia Militar deflagra operação policial em homenagem ao Dia das Mães

Além da capital, operação está sendo desencadeada em outros municípios da área do CPC

Por Redação com Assessoria | Edição do dia 8 de maio de 2021
Categoria: Polícia


A Polícia Militar de Alagoas, através do Comando de Policiamento da Capital (CPC) realizou nesta sexta-feira (07), a Operação Nuesta Madre, na capital alagoana e nas cidades que fazem parte da área de atuação do CPC. A ação é uma homenagem a todas mães da família policial-militar e as mães do Estado.

O foco da operação é, além da segurança das rainhas alagoanas, a repressão aos crimes de roubos de veículos, cargas, furtos, tráfico de drogas, homicídios, transporte irregular, porte ilegal de arma de fogo, descumprimento de medidas sanitárias, dentre outros.

Integram a ação as equipes das seguintes Unidades Operacionais e Especializadas: 1º BPM, 4º BPM, 5º BPM, 8º BPM, BPGd, BPE, BPEsc, BPTran, RPMon, 3º CPM/Ind, 5º CPM/Ind, BOPE, BPRp e Patrulha Maria da Penha.

A Operação Nuestra Madre teve como diferencial a presença feminina. Quase todas as equipes contaram com a atuação de policiais femininas, entre oficiais e praças da corporação, sob o comando da Major Danielli Assunção, comandante da Patrulha Maria da Penha, e da Capitã Danilva Cláudia, comandante da 3ª Companhia Independente.

O comandante-geral da PM, coronel Wellington Bittencourtt, destacou a importância da presença feminina dentro da instituição como vetor de qualidade, sensibilidade e protagonismo nas ações policias.

“Falar sobre o papel das mulheres na Polícia Militar não se restringe apenas a traçar um perfil profissional, pois as funções e os labores diários são mais amplos e profundos do que imaginamos e fazem a total diferença na vida dos cidadãos, pois contribuem para o bem estar coletivo e para construção de uma sociedade mais justa e igualitária”, destacou o comandante-geral.

Sobre a dupla jornada da mãe policial ele acrescentou que mesmo depois de um dia exaustivo de trabalho árduo, zelando pela segurança da população, elas voltam para casa para cumprir outra missão. “Ser mãe e policial militar simultaneamente não é uma tarefa fácil. Além da farda existem corações que batem fora do peito, os filhos. No lar, as policiais militares retomam a rotina típica de mãe. Uma maratona de tarefas que incluem o preparo do alimento, o banho, o carinho, além do auxílio nas atividades escolares e tantas outras responsabilidades. Parabenizo a todas as mães da briosa e de Alagoas”, finalizou.

Homenagens

Antes do início a Polícia Militar prestou uma homenagem a algumas mulheres que têm contribuído com o trabalho da PM, dentre elas a tenente-coronel Joana Darc, as capitãs Amanda Leite e Larissa Paes e a soldado Isolda Lais, esta realizou um parto durante o serviço, bem como a uma equipe do Batalhão de Polícia de Guardas (BPGd) que, no último dia 06, atendeu uma ocorrência envolvendo maus-tratos a menores no Conjunto Village Campestre II.

Deixe uma resposta

Publicidade
 
 
Publicidade

2019 O dia mais - Todos os direitos reservados