Polícia indicia técnica de enfermagem por não aplicar vacina em idosa

A profissional pode responder pelo crime descrito como “infração de medida sanitária preventiva”

Polícia indicia técnica de enfermagem por não aplicar vacina em idosa

A profissional pode responder pelo crime descrito como “infração de medida sanitária preventiva”

Por Redação* | Edição do dia 23 de março de 2021
Categoria: Maceió, Notícias | Tags:


O delegado Antônio Edson, titular da Delegacia dos Crimes Contra a Ordem Tributária e Administração Pública (Deccotap) concluiu e enviou ao Ministério Público Estadual (MPE) o inquérito que investigou o caso de uma técnica de enfermagem que não aplicou a vacina contra a Covid-19 em uma idosa de 96 anos, em Maceió.

Relembre o caso

A profissional, que foi afastada de suas funções logo após o fato, pode responder pelo crime descrito como “infração de medida sanitária preventiva, prevista no art. 268, parágrafo único do Código Penal, cuja pena é estipulada de um mês a um ano e multa, mais agravada de 1/3 por ser a autora funcionária da saúde pública”, conforme explicação da Polícia Civil.

O delegado explica que a conclusão foi embasada nos depoimentos de familiares da idosa; depoimento da cuidadora da mulher – testemunha ocular do fato; depoimento de colegas da técnica de enfermagem; no vídeo que circulou na imprensa e no laudo pericial realizado na seringa.

Segundo o delegado, a própria técnica admitiu em suas declarações não ter aplicado a vacina, alegando ter se distraído no momento da aplicação. Caberá ao Ministério Público decidir se denuncia a acusada.

Deixe uma resposta

Publicidade
 
 
Publicidade

2019 O dia mais - Todos os direitos reservados