Polícia indicia dono de hospital veterinário por maus-tratos em Maceió

Casos de abandono e violência foram registrados em vídeo; outras três ocorrências também foram denunciadas

Polícia indicia dono de hospital veterinário por maus-tratos em Maceió

Casos de abandono e violência foram registrados em vídeo; outras três ocorrências também foram denunciadas

Por Redação | Edição do dia 6 de maio de 2021
Categoria: Maceió | Tags: ,,,,,,


Foto: Reprodução/Internet

Após denuncias circuladas nas redes sociais contra o Hospital Veterinário do Trabalhador nesta última quarta (5), a Polícia Civil indiciou o proprietário do local e instaurou um inquérito para apurar supostas denuncias de maus-tratos contra animais na unidade veterinária localizada no Barro Duro, em Maceió.  De acordo com a polícia, só ontem, três boletins de ocorrência contra o Hospital foram registrados.

Logo depois da divulgação de vídeos e fotos mostrando a situação enfrentadas por um cachorro identificado como “Lock”, que supostamente deu entrada no hospital com a pata quebrada e sofreu maus-tratos no ambiente, três boletins de ocorrência foram registrados contra o HVT na Delegacia de Crimes Ambientais.

De acordo com o dono do cão, o animal entrou com uma pata quebrada, sofreu maus-tratos e morreu no local. Foto: Reprodução/Arquivo Pessoal

De acordo com o delegado Leonam Pinheiro, responsável pela Delegacia de Crimes Ambientais, as denuncias apresentadas à polícia são semelhantes e afirmou que o proprietário do Hospital já foi indiciado. “Ontem foram registradas três ocorrências narrando situações similares àquelas dos vídeos amplamente divulgados nas redes sociais e que tanto causaram revolta. Os fatos estão sendo apurados e hoje será procedido um interrogatório do proprietário. […] O proprietário do estabelecimento já foi indiciado pelo crime de maus-tratos previsto pelo art. 32 das Leis de Crimes Ambientais.”, concluiu Leonam.

Ainda segundo o delegado, cada caso denunciado será investigado individualmente e que, no final da apuração policial, um inquérito será construído e será encaminhado à Justiça.

Deixe uma resposta

Publicidade
 
 
Publicidade

2019 O dia mais - Todos os direitos reservados