Polícia cumpre mandado na casa do vereador Marcello Siciliano

No local, agentes apreenderam um tablet, um computador, HD e documentos

Por | Edição do dia 14 de dezembro de 2018
Categoria: Notícias, Política | Tags: ,,,


A casa do vereador do Rio Marcello Siciliano (PHS) é alvo de mandado de busca e apreensão na manhã desta sexta-feira (14), segundo a TV Globo. A ação tem relação com os assassinatos da vereador Marielle Franco e do motorista Anderson Gomes, que completa nove meses nesta sexta. No local, os agentes apreenderam um tablet, um computador, HD e documentos. O vereador não foi encontrado em casa.

Policiais da Delegacia de Homicídios (DH) do Rio Já haviam ido às ruas nesta quinta-feira (13) para tentar cumprir 15 mandados de prisão e de busca e apreensão relacionados à morte de Marielle e Anderson.

Os alvos das buscas seriam milicianos – a atuação deles é uma das principais linhas de investigação do crime, ocorrido em março. A ação da polícia acontece em vários pontos do Rio e nas cidades de Nova Iguaçu, Angra dos Reis, Petrópolis e Juiz de Fora (MG).

 Em entrevista ao jornal O Globo, o general Richard Nunes, secretário da Segurança Pública do Rio de Janeiro, afirmou que o crime já estava sendo planejado desde 2017, antes de ser iniciada a intervenção na capital carioca. Os milicianos consideravam que ex-vereadora atrapalharia todo o processo ligado à grilagem de terras na zona oeste da cidade.
A Polícia Civil não informou número de agentes envolvidos e tampouco fez um balanço da ação. Segundo a DH, o sigilo das investigações “é a maior garantia para chegar aos autores e mandantes dos crimes investigados”.

Deixe uma resposta

Publicidade
 
 
Publicidade

2019 O dia mais - Todos os direitos reservados