Polícia Civil prende miliciano que fez harmonização facial para fugir das autoridades

De acordo com a Polícia Civil, André Boto é acusado de extorquir comerciantes e moradores dos bairros Curicica, Recreio dos Bandeirantes e Campo Grande, na Zona Oeste da cidade

Polícia Civil prende miliciano que fez harmonização facial para fugir das autoridades

De acordo com a Polícia Civil, André Boto é acusado de extorquir comerciantes e moradores dos bairros Curicica, Recreio dos Bandeirantes e Campo Grande, na Zona Oeste da cidade

Por Redação | Edição do dia 5 de março de 2021
Categoria: Brasil, Comportamento | Tags:


Agentes da força-tarefa da Polícia Civil de combate às milícias prenderam, na noite de quinta-feira (4), André Costa Barros, conhecido como André Boto, de 35 anos. Segundo investigações, ele teria feito uma harmonização facial para tentar despistar as autoridades.

De acordo com a Polícia Civil, André Boto é acusado de extorquir comerciantes e moradores dos bairros de Curicica, Recreio dos Bandeirantes e Campo Grande, na Zona Oeste da cidade.

A prisão foi feita pelo Departamento Geral de Combate à Corrupção, ao Crime Organizado e à Lavagem de Dinheiro (DGCOR-LD) em conjunto com a Coordenadoria de Recursos Especiais (CORE).

O Portal dos Procurados chegou a divulgar um cartaz pedindo informações sobre ele.

Ele também é investigado pela construção de prédios da milícia. Em dezembro do ano passado, policiais interditaram a construção de um prédio com 37 apartamentos que seria comandada por ele. As vendas renderiam R$ 12 milhões.

André Boto antes da harmonização facial — Reprodução

De acordo com os agentes, ele foi preso em flagrante pelos crimes de receptação e porte ilegal de arma de fogo. Ele estava em um carro blindado clonado e uma pistola foi apreendida.

Segundo os policiais, contra ele foi cumprido um mandado de prisão expedido pela Justiça pelos crimes de tráfico de drogas, porte ilegal de arma de fogo e organização criminosa.

Deixe uma resposta

Publicidade
 
 
Publicidade

2019 O dia mais - Todos os direitos reservados