Bom Dia!, Domingo - 21 de Julho de 2019

 

Polícia Civil prende maníaco que sequestrava e estuprava meninas

Redação / 8:00 - 15/04/2019


A Polícia Civil prendeu, nesta manhã, o servidor da Câmara Municipal de Maceió, Benício Vieira de Lima, de 41 anos. Ele trabalha como motorista do vereador Chico Filho e é acusado de estupros em série. Os estupros aconteciam num quarto de uma casa, ponde funciona uma base do político, na Avenida Rotary.

Este slideshow necessita de JavaScript.

Conforme a delegada Ana Luíza Nogueira, responsável pelas investigações, há nove casos de estupros confirmados pelas vítimas e outros dez estão sendo investigados. Quando foi preso no início desta manhã, o acusado estava em casa, com a esposa e uma filha adolescente.

As investigações dão conta de que Benício Lima, após seu expediente com o vereador, circulava com o seu veículo  (Sedan prata, cujo modelo não foi revelado) pelas ruas de Maceió à procura de suas vítimas – normalmente, meninas com idades entre 14 e 17 anos. Quando encontrava a vítima, ele a abordava, ameaçava de morte “apresentando” uma arma e a obrigava a entrar no carro.

Em seguida, a menina era levada para a casa, na Avenida Rotary, onde funcionava a base do vereador Chico Filho. À porta da casa, Benício Lima dizia ao vigilante que estava levando um “esquema” para praticar sexo num quartinho que tinha numa área mais afastada da casa. Como ele era uma pessoa conhecida na equipe do vereador Chico Filho, a entrada era liberada.

No quarto, acontecia o estupro e, em seguida, ele colocava a vítima no carro e a deixava nas proximidades de casa. Uma das vítimas foi ouvida pela delegada Ana Luíza Nogueira e ajudou nas investigações. No local, ela contou à imprensa que, no seu caso, a abordagem aconteceu quando Benício Lima parou o carro, disse que estava armado e lhe forçou a entrar no carro. “Neste momento, passavam algumas pessoas pelo local e ele falou alto alguma coisa sobre igreja, como forma de esconder que estava me obrigando a entrar no seu carro. Em seguida, colocou um pano no meu rosto para que eu não visse para onde estava indo”, disse.

A menina contou que, no local onde foi estuprada pelo maníaco permaneceu durante quase duas horas. Ela disse que foi abordada por volta das 19h e deixada nas imediações de casa perto das 22h. Foi essa menina quem ajudou a polícia a chegar ao local dos estupros porque, mesmo com os olhos vendados, ela ainda conseguiu identificar parte do percurso e voltou ao local várias vezes na companhia do pai, onde localizou o veículo do suspeito e, na sequência, conseguiu identificá-lo. Em seguida, a Polícia Civil foi acionada, conseguiu chegar ao suspeito e prendê-lo.

O vereador Chico Filho emitiu uma nota sobre o caso. Confira na íntegra:

Sobre o caso, o Vereador Chico Filho afirmou que está assustado da mesma fora que toda a sociedade, pois tinha mais de 15 anos de convívio familiar com Benício, e que em nenhum momento teve conhecimento sobre nenhuma prática criminosa por parte do assessor, muito menos sabia do uso de seus veículos ou de seu escritório para prática de crimes, e que pedirá imediatamente a exoneração do funcionário.

O vereador disse que se solidariza com todas as vítimas e declarou repúdio ao crime, se colocando à disposição das autoridades policiais e judiciais para contribuir com as investigações.


Comentar usando