Polícia Civil e bombeiros encontram em açude armas utilizadas em morte de adolescente no Sertão

Delegado revela que novas investigações apontam para uma suposta queima de arquivo

Por Assessoria | Edição do dia 9 de julho de 2020
Categoria: Notícias, Polícia | Tags: ,,,,


Foto: PC-AL

O delegado Regional de Batalha, Valter Nascimento, disse, na manhã desta quinta-feira (9), que dando sequência as investigações acerca do crime de homicídio que vitimou recentemente um adolescente de 14 anos, fato de grande repercussão no alto Sertão de Alagoas, acionou o Corpo de Bombeiros Militar  para fazer uma varredura no açude do Cabiló, localizado na entrada da cidade de Jacaré dos Homens, onde teriam sido atiradas as armas utilizadas para o cometimento do crime.

O adolescente havia desaparecido no dia 28 do mês passado, tendo sido visto pela última vez na cidade de Monteirópolis. Na semana passada, no dia 2 de julho, seu corpo foi encontrado nas terras da Fazenda Massapê, Zona Rural de Jacaré dos Homens.

“O autor, também adolescente, de 16 anos de idade, confessou a autoria do fato. Ele revelou que cometeu o ato infracional juntamente com um maior de 21 anos de idade, porque estava sendo extorquido com ameaças da vítima, que seria usuária de cocaína e estaria ameaçando de morte o pai dele”, disse o delegado Valter Nascimento.

“Contudo, novas investigações da Polícia Civil apontam para uma suposta queima de arquivo, haja vista que os envolvidos no evento criminoso do adolescente teriam furtado uma motocicleta no dia 19 de junho de 2020, no município de Jacaré dos Homens, e a vítima estaria ameaçando delatar esse fato”, revelou a autoridade policial.

A motocicleta foi jogada no mesmo local das armas, no açude Cabiló, havendo sido retirada de lá, anteriormente, e apreendida pela Polícia Civil, sendo levada pra a Delegacia Regional de Batalha.

Ao ser ouvido na semana passada, o adolescente de 16 anos disse à Polícia Civil que as armas utilizadas no assassinato também haviam sido jogadas no referido açude.

Com isso, o delegado Valter Nascimento acionou o Corpo de Bombeiros, cuja equipe de mergulhadores resgatou, a cerca de oito metros de profundidade, nas águas do mencionado açude,  um cutelo e uma faca peixeira de 12 polegadas, as quais foram apreendidas e farão parte do conjunto probatório dos autos que investigam o crime.

O delegado disse ainda que uma marreta, também utilizada no crime, foi apreendida. Ela é de propriedade do pai do menor infrator, que a retirou do local onde o genitor a guardava e depois do crime guardou no mesmo lugar, sem o mesmo saber.

“Agradecemos o apoio da equipe do Corpo de Bombeiros Militar, que se deslocou de Maceió até o Sertão, e conseguiu encontrar os objetos usados para matar o adolescente. Agora vamos dar andamento ao inquérito policial e seguir com a investigação em torno do caso”, concluiu o delegado Valter Nascimento, titular da Regional de Batalha.

Deixe uma resposta

Publicidade
 
 
Publicidade

2019 O dia mais - Todos os direitos reservados