Poder Judiciário determina toque de recolher e isolamento social em Murici

A decisão é da juíza Emanuela Porangaba, da Vara de Murici, determina toque de recolher a partir das 22h

Poder Judiciário determina toque de recolher e isolamento social em Murici

A decisão é da juíza Emanuela Porangaba, da Vara de Murici, determina toque de recolher a partir das 22h

Por Redação* | Edição do dia 29 de abril de 2020
Categoria: Alagoas, Notícias | Tags: ,,,,


O Poder Judiciário de Alagoas determinou toque de recolher a partir de 22h em Murici, após ação civil pública movida pelo Ministério Público de Alagoas (MPAL). Além do toque de recolher, fica mantida a orientação de isolamento social e apenas saídas urgentes e ou para compras e funcionamento dos serviços essenciais. A decisão ocorreu por causa do não-cumprimento dos decretos municipal e estadual.

A decisão é da juíza Emanuela Porangaba, da Vara de Murici. Após às 22h, fica permitida a saída apenas em casos de urgências médicas. A prefeitura foi notificada nessa terça-feira, 28, sobre a determinação e afirmou que cumprirá com as novas medidas.

Além do toque de recolher, os estabelecimentos de festas e eventos, foram fechados por tempo indeterminado, para que aglomerações sejam evitadas.

As Polícias Civil e Militar, Guarda Municipal, Secretaria de Saúde, Conselho Municipal de Saúde e Vigilância Sanitária Municipal trabalharão pela fiscalização e cumprimento das medidas.

Caso ocorre descumprimento, haverá punições de sanções administrativas e até prisões. A força policial também está autorizada a agir para conduzir infratores à delegacia, onde será emitido um Termo Circunstanciado de Ocorrência (TCO).

 

*Com informações da Gazetaweb e 7 Segundos.

Deixe uma resposta

Publicidade
 
 
Publicidade

2019 O dia mais - Todos os direitos reservados