Pilar anuncia criação de auxilio emergencial para evitar demissões

Com o novo decreto anunciado pelo governo, medida pode ajudar o comércio

Pilar anuncia criação de auxilio emergencial para evitar demissões

Com o novo decreto anunciado pelo governo, medida pode ajudar o comércio

Por Redação* | Edição do dia 8 de março de 2021
Categoria: Alagoas, Economia | Tags: ,,,,,


Foto: Assessoria

O novo decreto estadual de enfrentamento à pandemia, com Alagoas retornando à fase laranja, deve afetar o comércio, principalmente para os setores de bares, restaurantes e lojas de conveniência.

No Pilar o prefeito Renato Filho seguirá integralmente as recomendações do Estado, mas vai criar uma alternativa para evitar demissões no setor. nesta segunda-feira ele se reuniu com os comerciantes no Cine Pilarense para afirmar que o município vai encaminhar um projeto de lei à Câmara, com a liberação de crédito através do Banco Pop.  “Entendo a preocupação e angústia dos empresários e comerciantes do Estado. Aqui no Pilar nós temos o Banco Pop, que já tem fomentando a economia local, com a abertura de crédito para o setor. Hoje pela manhã reuni a Secretaria de Governo e a Procuradoria Municipal para encontrar uma saída urgente que evite demissões neste mês de março. Será uma medida emergencial para este momento”, destaca o prefeito.

O secretário de Governo, Paulo Santos, solicitou a criação de uma comissão que represente o setor, para que as informações sejam encaminhavas ao município ainda hoje. “O município vai apoiar os empreendedores locais que estiverem com o CNPJ ativo. Acionamos a Sala do Empreendedor, que tem o cadastro do nosso comércio. O próximo passo será montar o projeto, rediscutir com os comerciantes e o prefeito enviar à Câmara”, explica o secretário.

Enfrentamento à Covid-19

Antes do novo decreto estadual o Pilar já havia adotado uma série de medidas de enfrentamento à COVID-19, como a ampliação do programa Pilar em Ação e o retorno da operação Combate, com a higienização e sanitização de ruas, praças, prédios públicos e fachadas das residências. Renato Filho também determinou a ampliação do programa social Prato Cheio, que atende 400 famílias e já havia autorizado novas linhas de crédito para os comerciantes, através do Banco Pop. “O Pilar tem feito o dever de casa. Nossas ações têm atendido nossas expectativas. Ainda assim reforçamos o atendimento na saúde primária e no Hospital Nossa Senhora de Lourdes. Ainda esta semana estamos enviando o projeto de urgência à Câmara e tenho certeza que os vereadores também estão do lado dos comerciantes e do nosso povo”, reforça Renato Filho.

Prevenção

Nesta segunda-feira os comerciantes pilarenses receberam novos quites de higienização e prevenção da Covid-19, com luvas e álcool em gel. “Toda estrutura administrativa está coberta com material de higienização. Para reforçar o enfrentamento ao coronavírus também estamos oferecendo os quites aos comerciantes, que têm o contato diário com o povo”, explica o secretário das Saúde, André Moraes.

Com: Assessoria

Deixe uma resposta

Publicidade
 
 
Publicidade

2019 O dia mais - Todos os direitos reservados