PF investiga servidores públicos acusados de desviar R$ 4,5 milhões

18 mandados de busca e apreensão estão sendo cumpridos nas prefeituras de Pilar e São Luís do Quitunde

Por | Edição do dia 5 de fevereiro de 2019
Categoria: Notícias, Polícia | Tags: ,,,,,


csm_operacao-pf-maceio-quitunde-pilar-assessoria_610fb568b6

A Polícia Federal deflagrou, na manhã de hoje (05), uma operação que cumpre 18 mandados de busca e apreensão em duas prefeituras de Alagoas. Os agentes descobriram um esquema criminoso envolvendo fraude de licitações e lavagem de dinheiro, na qual foram desviados pelo menos 4,5 milhões de reais.

 

De acordo com as investigações,  servidores públicos de Pilar efetuavam saques na boca do caixa em quantias consideráveis de dinheiro destinado as despesas públicas. Já em São Luís do Quitunde, a PF descobriu que havia um suposto conluio para burlar certame licitatório.

Os mandados estão sendo cumpridos também em Maceió e Rio Largo, bem como medidas cautelares de suspensão do contrato e afastamento dos servidores envolvidos.

A Operação denominada de “NARANDIBA” , significa laranjal e conta com o apoio e participação de 80 policiais federais. Ad conclusões da ação serão devidamente formuladas e juntadas ao Inquérito Policial que está em andamento na Polícia Federal em Alagoas.

Ainda nesta terça-feira a PF irá organizar uma coletiva de impressa para dar mais detalhes sobre as investigações, na Sede da Polícia Federal em Alagoas, localizada na Avenida Walter Ananias, 705, Jaraguá, em Maceió ás 11h.

Deixe uma resposta

Publicidade
 
 
Publicidade

2019 O dia mais - Todos os direitos reservados