Pessoas com doenças crônicas devem redobrar cuidados com a saúde bucal

Uso frequente de medicamentos, alterações no paladar e produção de saliva pedem atenção especial dos pacientes, exigindo check-up periódico

Pessoas com doenças crônicas devem redobrar cuidados com a saúde bucal

Uso frequente de medicamentos, alterações no paladar e produção de saliva pedem atenção especial dos pacientes, exigindo check-up periódico

Por Assessoria | Edição do dia 25 de outubro de 2021
Categoria: Alagoas, Saúde | Tags: ,,


Cuidar da saúde da boca é tão importante quanto cuidar da saúde do corpo e da mente. A higiene bucal diária é fundamental para manter os dentes e gengivas saudáveis. Mas, o que muitos ainda desconhecem, é que existem alguns fatores que podem favorecer o aparecimento de doenças como gengivite e periodontite. Neste caso, todo cuidado é pouco para evitar complicações à saúde.

Cirurgião-dentista Cristiano Domingos
(Foto: Assessoria)

No Dia do Dentista e Dia Nacional da Saúde Bucal, datas comemorativas importantes que são celebradas nesta segunda-feira (25), o cirurgião-dentista do Sistema Hapvida Maceió, Cristiano Domingos, faz uma alerta: é preciso ter atenção redobrada com a saúde bucal dos pacientes com doenças crônicas, como diabetes e hipertensão arterial.

IBGE: doenças crônicas afetam 52% dos brasileiros

Conhecidas também como “doenças de longa duração”, as doenças crônicas geralmente acompanham o indivíduo durante toda a vida. Dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) apontam que 52% das pessoas possuem algum tipo de doença crônica no país.

Domingos explica que esses pacientes necessitam visitar o dentista com regularidade. É que o uso frequente de medicações pode gerar quadros de hipossalivação, quando ocorre a redução do fluxo salivar, e, em alguns casos, até alterações no paladar. Úlceras, inflamações na língua, sensação de gosto metálico ou ressecamento na boca e crescimento gengival também são sintomas relatados.

“Pessoas com diabetes, por exemplo, devem estar com a doença controlada, pois o descontrole da glicemia favorece o desenvolvimento de focos de infecção na boca”, complementa.

Tratamento adequado e seguro

Para garantir um tratamento dentário adequado e seguro, o cirurgião-dentista do Sistema Hapvida Maceió afirma que é imprescindível estabelecer uma relação de confiança entre o profissional e o paciente.

“É aconselhável conversar com o dentista e avisar sobre doenças pré-existentes e sobre seu estado geral de saúde. Em alguns casos, além da anamnese, também se faz necessário solicitar exames complementares, especialmente em procedimentos odontológicos que envolvam cirurgias e raspagens profundas”, destaca.

Para o profissional, a garantia do bem-estar passa, obrigatoriamente, pela prevenção.

“A regra de ouro é manter uma higiene oral impecável todos os dias, o que inclui escovar os dentes após as refeições, usar o fio dental e realizar a limpeza da língua. Além disso, também é preciso ficar atento aos sinais que podem indicar a presença de doenças, como gengiva avermelhada, inchada ou dolorida, perda ou quebra de dentes e aftas que não cicatrizam”, finaliza

Deixe uma resposta

Publicidade
 
 
Publicidade

2019 O dia mais - Todos os direitos reservados