Caso Davi: perícia solicita prazo de 15 dias para entrega do laudo

Perícia fala da necessidade de um novo prazo devido complicações na extração do DNA do corpo em avançado estado de decomposição

Por | Edição do dia 13 de outubro de 2015
Categoria: Notícias, Polícia | Tags: ,


Foto: Divulgação

Foto: Divulgação

Na tarde desta terça-feira (13), a Perícia Oficial do Estado de Alagoas informou por meio de uma nota publicada em site oficial, que a perita criminal Rosana Coutinho, irá fazer um pedido oficial ao delegado José Carlos, coordenador da investigação do desaparecimento do adolescente Davi da Silva, em agosto de 2014, para que o delegado conceda um novo prazo à Perícia, de 15 dias úteis, para a conclusão do laudo sobre o possível corpo do jovem.

Responsável pelo exame de DNA de comparação entre amostras recolhidas do corpo encontrado no bairro da Serraria, parte alta de Maceió, com o material genético fornecido por Maria José da Silva, mãe de Davi da Silva, Rosana Coutinho explicou que a necessidade de um novo prazo foi decorrente das complicações na extração do DNA do corpo, encontrado exposto a fatores ambientais adversos e em avançado estado de decomposição.

O jovem, Davi da Silva desapareceu após ser abordado por policiais, agentes do Batalhão de Radiopatrulha  (RP), no Benedito Bentes, onde residia.  O Ministério Público Estadual (MPE) denunciou os quatro militares incriminados pela abordagem ocorrida no Conjunto Cidade Sorriso I.

Deixe uma resposta

Publicidade
 
 
Publicidade

2019 O dia mais - Todos os direitos reservados