Pela 1ª vez no país, governo estadual investe recursos em um instituto federal da Educação

Convênio firmado com a Secretaria da Educação de Alagoas destina R$48 milhões para a construção de três novos campi do IFAL

Pela 1ª vez no país, governo estadual investe recursos em um instituto federal da Educação

Convênio firmado com a Secretaria da Educação de Alagoas destina R$48 milhões para a construção de três novos campi do IFAL

Por Assessoria | Edição do dia 4 de novembro de 2021
Categoria: Alagoas, Educação | Tags: ,,


Investimento irá beneficiar mais de 3.600 alunos (Foto: Jonathan Lins)

Em mais uma ação pioneira no país no âmbito da educação pública, o Governo de Alagoas investe R$ 48 milhões para a construção de três campi do IFAL no Estado. É a primeira vez no Brasil que um ente estadual injeta recursos em um instituto federal da educação. Os convênios firmados entre o órgão e a Secretaria da Educação (Seduc), garante não apenas a implantação das novas sedes dos equipamentos em Rio Largo, Batalha e Santana do Ipanema, como também representa um marco nas relações institucionais entre as administrações de ensino.

De acordo com o governador, o Estado vai assumir esse compromisso por entender a importância da valorização da educação em Alagoas. “No momento em que o Governo Federal retira recursos do ensino técnico profissionalizante e universitário, o Governo de Alagoas, pela primeira vez na história deste país, vai construir uma escola técnica e ceder ao Governo Federal. Os campi ficarão lindos e isso é a maior demonstração de que a gente acredita na força da mudança através da educação”, disse o governador.

À frente da pasta em Alagoas, o secretário Rafael Brito pontua que os convênios integram o projeto de expansão do Instituto Federal no Estado, garantindo formação técnica de qualidade à população e, como consequência, melhor condição socioeconômica e possibilidades elevadas de emprego e renda.

“Esse é um marco para a educação pública, mais uma vez saímos na frente com iniciativas inéditas, colocando cerca de R$ 50 milhões do cofre estadual para garantir melhorias na área, desta vez com ampliação de novas sedes do IFAL. Ninguém no Brasil faz, nem nunca fez isso. Essa é uma mudança de paradigmas, uma ação inédita liderada pelo governador Renan Filho, que prioriza mais uma vez a Educação, valoriza o servidor, o aluno e, em contrapartida, assegura desenvolvimento do processo de ensino-aprendizagem”, destaca o secretário da Educação, Rafael Brito.

Os novos equipamentos educacionais ficarão situados nas regiões do Sertão, Agreste e Metropolitana e atenderão juntos cerca de 3.600 alunos. Cada um dos campus do instituto contará com uma estrutura de 12 salas de aula, dois laboratórios de informática, auditório, biblioteca, teatro de arena, refeitório, área de vivência, além de quadra poliesportiva coberta e laboratórios especiais.  A previsão é que as obras de construção das novas unidades sejam concluídas entre o final do ano de 2023.

“A consolidação da expansão do Instituto é um sonho que só está sendo possível ser realizado com a sensibilidade, o carinho e a decisão política do governador Renan Filho e apoio incondicional do Secretário Rafael Brito, que encontraram a solução definitiva para a conclusão da implantação das novas sedes dos campi Batalha, Santana do Ipanema e Rio Largo”, pontua o reitor do Instituto Federal de Alagoas, Professor Carlos Guedes. “Uma ação inédita no país e em particular para a rede federal de educação profissional, científica e tecnológica. O Governo de Alagoas atendeu ao chamado do IFAL e da missão institucional de promover educação de qualidade social, pública e gratuita”, finaliza.

Deixe uma resposta

Publicidade
 
 
Publicidade

2019 O dia mais - Todos os direitos reservados