PC prende mulher que dopou e decapitou moto-taxista em Arapiraca

Mesmo casada, suspeita mantinha relacionamento amoroso com a vítima

PC prende mulher que dopou e decapitou moto-taxista em Arapiraca

Mesmo casada, suspeita mantinha relacionamento amoroso com a vítima

Por Assessoria | Edição do dia 5 de julho de 2021
Categoria: Alagoas, Polícia | Tags: ,,,,


Foto: PCAL

Policiais civis da Delegacia de Homicídios de Arapiraca (DHA)  prenderam, na sexta-feira (2), uma mulher suspeita de matar o amante, que foi decapitado. A ação foi coordenada pelo delegado Filipe Caldas, titular da DHA.

O mandado de prisão foi expedido pelo Juízo da 5ª Vara Criminal de Arapiraca, após representação feita pela autoridade policial na época do crime.

Após exame de corpo de delito no Instituto Médico Legal (IML), a presa foi encaminhada à Delegacia da Mulher de Arapiraca.

O crime aconteceu no dia 12 de fevereiro deste ano, e o caso teve repercussão na época, por conta da brutalidade como o assassinato foi cometido.

José Bezerra da Silva, de 45 anos, e que trabalhava como mototaxista, foi morto dentro de sua residência. O homem foi dopado e teve a cabeça arrancada.

O filho da vítima que encontrou o corpo despido e sem cabeça, dentro de casa, acredita que o motivo do homicídio tenha sido o fato de que seu pai teria descoberto outro amante da mulher, e ameaçou contar ao marido dela sobre os casos extraconjugais.

Isso pode ser comprovado pelo teor das conversas e áudios de whatsapp entre a vítima e sua amante, principal suspeita.

Numa das conversas, a vítima ameaçava contar os relacionamentos extraconjugais ao marido e familiares da acusada. E a suspeita teria respondido para vítima o seguinte: “Você vai se arrepender do dia em que me conheceu, pois não sabe do que sou capaz”.

Deixe uma resposta

Publicidade
 
 
Publicidade

2019 O dia mais - Todos os direitos reservados