PC prende mototaxistas em flagrante por homicídio em Arapiraca

Por Redação com Assessoria | Edição do dia 7 de agosto de 2020
Categoria: Notícias, Polícia


A Polícia Civil, por meio da Delegacia de Homicídios de Arapiraca (DHA), sob o comando do delegado Filipe Caldas, esclareceu mais um crime de homicídio ocorrido no munícipio, nessa quinta-feira.
Com a divulgação das imagens, feitas pela equipe da DHA no local do crime, em grupos de policiais da cidade, em menos de duas horas uma guarnição da Polícia Militar de Arapiraca conseguiu localizar e prender os acusados.

O executor do crime tem 20 anos, e, juntamente com a pessoa que emprestou a arma de fogo para o colega executar a vítima, foram autuados em flagrante pela Delegacia de Homicídios no final da tarde de ontem. Outro homem que teria conduzido a moto durante a prática do crime está foragido e sendo procurado pela polícia.

Os agentes da DHA tiveram acesso a imagens dos criminosos durante levantamentos feitos no local e os vídeos foram compartilhados em grupos de redes sociais formados apenas por policiais.
Por meio das imagens foi possível identificar a motocicleta utilizada, pertencente à irmã do executor. Outro detalhe que viabilizou a identificação dele foi o par de tênis com detalhes vermelhos, que foi apreendido como prova.

“Nas investigações, os policiais descobriram que o colega emprestou a arma, com 6 munições, ao executor e sabia da rivalidade dele com a vítima. Tempos atrás, o executor teria sido esfaqueado pela vítima, levou 37 pontos, teve perfuração em 4 órgãos e sobreviveu, o que caracteriza crime cometido por vingança”, frisou o delegado Filipe Caldas.

Ele trabalhava como mototaxista, e foi preso após o crime no local onde fazia ponto. Apenas trocou de moto para não levantar suspeitas.

O executor confessou o crime. Agora, a polícia está a procura de uma terceira pessoa que teria conduzido a motocicleta durante a prática do assassinato.

Deixe uma resposta

Publicidade
 
 
Publicidade

2019 O dia mais - Todos os direitos reservados