Boa Tarde!, Domingo - 19 de Janeiro de 2020

 

PC identifica envolvidos em arrombamento a caixas eletrônicos

Ascom PC / 5:35 - 24/06/2016


Foto: Ascom PC-AL

Foto: Ascom PC-AL

O delegado Vinícius Martins Ferrari, da Seção de Roubo a Bancos (Serb), integrante da Divisão Especial de Investigação e Capturas (Deic), da Polícia Civil de Alagoas, informou nesta sexta-feira (24), que dois crimes que ocorreram em agências bancárias, em Maceió, estão elucidados e acusados foram identificados.

De acordo com as investigações, José Ricardo Magalhães de Oliveira, de 36 anos e Rafael Alexandre de Almeida, de 29 anos, foram identificados depois de cortarem terminais de auto atendimento no Banco Santander e no Banco do Brasil, ambos localizados na Avenida Fernandes Lima, em Maceió.

“Eles também cortaram caixas eletrônicos em diversos Estados do país, a exemplo de Santa Catarina, Amazonas, Alagoas, Pernambuco, Paraíba, Rio Grande do Norte, entre outros”, disse o delegado.

O delegado explicou que a descoberta da autoria foi feita em conjunto com a Polícia Federal de vários Estados, e as Polícias Civil do Rio Grande do Norte, Distrito Federal, Pernambuco, e Santa Catarina.

“Desde que assumimos a Serb passamos a manter intercâmbio de informações diariamente com todos outros Estados através do Fórum Nacional de Roubo a Bancos, lá todos os delegados de roubo à agências bancárias trocam contatos com o intuito de atuar de maneira uniforme em todo o país”, explicou Vinicius.

Vinícius disse ainda que após a Serb se comunicar com a delegada Danielle Filgueira Soares, do Rio Grande do Norte, que possui experiência de quatro anos no combate a quadrilhas de crime organizado, conseguiu, identificar três suspeitos de explosão e arrombamento de caixas eletrônicos.

“A partir do intercâmbio de informações no Fórum de Roubo a Bancos, em Brasília, passei as imagens dos crimes que ocorreram em Maceió para a delegada que os identificou, a partir daí obtivemos êxito e os mandados de prisão dos dois acusados foram expedidos pela 17ª  Vara Criminal da Capital. A Serb fez contato com todos os Estados da Federação e em qualquer lugar onde os acusados forem encontrados serão presos. ”, concluiu o delegado Vinicius Ferrari.


Comentar usando