Parlamentares conhecem estrutura de formação de mão de obra da Indústria

Na oportunidade, eles conheceram vários setores do Centro de Formação Gustavo Paiva, no Poço

Parlamentares conhecem estrutura de formação de mão de obra da Indústria

Na oportunidade, eles conheceram vários setores do Centro de Formação Gustavo Paiva, no Poço

Por | Edição do dia 3 de dezembro de 2018
Categoria: Alagoas, Notícias | Tags: ,,,,,,,


O presidente da Federação das Indústrias do Estado de Alagoas (Fiea), José Carlos Lyra de Andrade, definiu como positiva a reunião que manteve na manhã desta segunda-feira, 3, com integrantes da bancada federal, para apresentar os resultados das ações do Serviço Social da Indústria (Sesi) e do Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (Senai), em Alagoas.
O senador eleito Rodrigo Cunha e os deputados federais Marx Beltrão, Ronaldo Lessa, Paulão e Tereza Nelma (esta, eleita para o primeiro mandato) conheceram de perto o trabalho desenvolvido pelas entidades do Sistema Indústria no Estado. Os parlamentares ficaram impressionados com os números das ações nas áreas da educação básica e profissional, saúde e segurança no trabalho, e no desenvolvimento tecnológico da Indústria.
Na oportunidade, eles conheceram, em pleno funcionamento, vários setores do Centro de Formação Gustavo Paiva, instituição histórica e reconhecida como um dos mais importantes centros de formação profissional de Alagoas, localizada no bairro do Poço, em Maceió, onde a reunião foi realizada.
Chamado “reunião de defesa de interesses”, o evento serviu para que o presidente da Fiea, José Carlos Lyra, reafirmasse, com números consolidados, o papel do Sesi e do Senai para qualificação de mão de obra e promoção de qualidade de vida e desenvolvimento socioeconômico, em Alagoas e no Brasil. O objetivo, disse ele, é refutar, com trabalho realizado, os projetos que visam reduzir recursos do Sistema S (Indústria, Comércio e Transportes).
Projetos nesse sentido estão em análise no Congresso Nacional e, para tentar barrá-los, as entidades nacionais (confederações) e estaduais (federações), trabalham para mostrar aos parlamentares que os recursos são aplicados de modo eficiente.
“Ter essa interlocução com o setor produtivo é extremamente importante, o diálogo tem que ser a regra”, disse o senador eleito Rodrigo Cunha, ressaltando que as ações do parlamento devem contribuir para gerar emprego e renda, e não para reduzi-los.
O deputado Paulão também defendeu a estrutura do Sistema Indústria. O parlamentar destacou suas posições em defesa dos trabalhadores – e ressaltou que votou contra a reforma trabalhista – mas deixou claro que o Sistema S tem um papel muito importante para o Brasil. “São centros de formação com referência, inclusive internacional. Formam mão de obra qualificada, que o mercado absorve fácil e rapidamente”, afirmou.
Os deputados Marx Beltrão e Tereza Nelma também se manifestaram sobre o papel do Sistema S e, mais especificamente, o trabalho realizado pelas entidades da Indústria. “Essa reunião nos traz mais subsídios para entendermos o bem que Sistema da indústria faz ao desenvolvimento econômico e social de Alagoas”, disse Tereza Nelma.
Por sua vez, o deputado Marx Beltrão destacou a interação entre a Indústria e a bancada federal, de modo que sejam mantidos os recursos necessários à continuidade do trabalho de qualificação da mão de obra alagoana.
Além de diretores da Fiea, como José da Silva Nogueira Filho, Alberto Cabús e Floriano Alves, e gestores, como o superintendente executivo do Sesi/AL e diretor regional do Senai, Carlos Alberto Paes, participaram da reunião Marcos Borges e Hávila de Nóbrega Oliveira, da unidade de Assuntos Legislativos da Confederação Nacional da Indústria (CNI).

Deixe uma resposta

Publicidade
 
 
Publicidade

2019 O dia mais - Todos os direitos reservados