Papa teria sido exposto à Covid após receber arcebispo infectado

Papa teria sido exposto à Covid após receber arcebispo infectado

Por Ansa | Edição do dia 23 de outubro de 2020
Categoria: Alagoas, Notícias | Tags:


Reuters/Yara Nardi

SÃO PAULO, 23 OUT (ANSA) – O papa Francisco pode ter sido exposto ao novo coronavírus Sars-CoV-2 após receber, no Vaticano, o núncio apostólico na Austrália, monsenhor Adolfo Tito Yllana, diagnosticado com a Covid-19, informou a imprensa australiana nesta sexta-feira (23).

Segundo o jornal Nine News, o Pontífice e o arcebispo se reuniram no último dia 6 de outubro, menos de duas semanas antes do teste de Yllana ter resultado positivo, no âmbito das discussões sobre o caso do cardeal George Pell, inocentado de acusações de pedofilia em abril.

O diagnóstico do núncio apostólico foi constatado no 10º dia após iniciar o período de isolamento em sua residência, ao qual se submeteu voluntariamente, conforme informado pelo Departamento de Saúde de Camberra.

O caso de Yllana, que alertou imediatamente as autoridades de saúde australianas e do Vaticano, foi o primeiro na Austrália depois de um período de 100 dias sem registros de casos. As autoridades não excluem que ele contraiu o vírus durante sua viagem à Itália.

Até o momento, a Santa Sé não emitiu nenhum comunicado oficial.

Deixe uma resposta

Publicidade
 
 
Publicidade

2019 O dia mais - Todos os direitos reservados