Palmeira assina convênio com Iphan para nova museografia da Casa Museu Graciliano Ramos

Por Assessoria | Edição do dia 12 de agosto de 2020
Categoria: Alagoas, Notícias | Tags: ,


Foto: Ascom Palmeira dos Índios

A Prefeitura de Palmeira dos Índios assinou nesta terça-feira (11), um convênio com o Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan) para a implantação da nova museografia da Casa Museu Graciliano Ramos. Em 2017, primeiro ano da gestão do prefeito Júlio Cezar, a prefeitura e o Instituto assinaram uma Ordem de Serviço de Restauração da Casa, orçada em R$ 500 mil, sendo R$ 250 mil do Iphan, proveniente de emenda do senador Fernando Collor, e os outros 50% de contrapartida do município.

O convênio assinado ontem foi no valor de R$186 mil, recurso garantido também pela articulação política do senador Collor. Com a implantação da nova museografia, o museu restabelecerá condições para funcionamento como equipamento cultural do município e poderá receber pesquisadores, estudantes e usuários espontâneos com melhor acolhimento. “Hoje é uma data muito importante para Palmeira. Ao assumir a Secretaria, em março de 2017, o senador Collor nos recebeu para tentar dar vida a um projeto que estava parado e que foi dividido em duas etapas. A primeira foi a restauração da casa e a segunda a restauração museográfica. A Casa Museu é visitada por pessoas de todo o mundo e poderá receber melhor os visitantes. Agradeço ao prefeito Júlio, ao senador Collor e ao Iphan por tudo isso, que vai mudar a história da cultura de Palmeira dos Índios”, afirmou a secretária municipal de Cultura Isvânia Marques.

A Casa Museu foi onde morou o escritor Graciliano Ramos, reconhecido como um dos luminares do modernismo. “Essa luta não foi fácil, mas estamos felizes com essa conquista e, para simbolizar este momento, como disse Graciliano Ramos, que morou nesta casa, ‘nas estradas que se abriram só ha curvas onde as retas foram inteiramente impossiveis’. Tínhamos um caminho a trilhar Com isso quero dizer que não caminho não foi de linha reta, mas de curvas, e que nasceu há anos atrás. O prefeito, em certo momento foi atrás do senador Fernando Collor, que o recebeu de braços abertos. Fizemos a primeira etapa e o prefeito não dormiu até que chegasse a esta etapa da museografia. A cidade de Palmeira merece tudo isso, porque pessoas do mundo inteiro realmente nos procuram para saber onde fica a Casa Museu Graciliano Ramos. Nós perdemos os prazos, não foi fácil, mas sei que no final deste caminho veremos uma paisagem muito bonita”, destacou o superintendente do Iphan Sandro Gama.

O jornalista Fernando James, filho de Fernando Collor, representou o senador na cerimônia de assinatura do convênio. “Para mim é uma honra estar aqui realizando essa obra magnífica para Palmeira, para Alagoas, o Brasil e o mundo. Agora, o turista que chegar aqui verá uma obra grande e maravilhosa. Em nome do meu pai agradeço ao Júlio pela parceria de sempre e afirmo que o meu pai tem um carinho enorme por esta cidade. Que a Casa Museu possa servir à comunidade e aos turistas que também chegam aqui”, disse Fernando James.

Feliz com a nova etapa que deixará a Casa Museu com um maior poder atrativo cultural, o prefeito Júlio Cezar lembrou a importância das parcerias para que esta nova fase seja iniciada. “Agradeço a todos do Iphan, ao senador Collor, ao Fernando James que hoje o representa, à secretária Isvânia e todos da nossa equipe. Aqui, Graciliano fundou morada e se notabilizou para o mundo, por meio de seus romances. Não foi fácil conseguir executar essa obra, pois faltava o projeto. Mas o senador Collor teve vontade de ajudar, na promoção do resgate e cultura desta terra. A programação dos 131 anos de Palmeira tem sido extensa e esta é mais uma grande obra que executaremos na nossa cidade. Celebrado este convênio, vamos para a etapa de licitação para que rapidamente a empresa possa entregar a parte museográfica que falta. Graciliano nasceu em Quebrangulo, mas foi em Palmeira que ele se notabilizou. Que este seja, realmente, um museu de coisas vivas e que circule gente, somando para a nossa cultura”, finalizou o prefeito Júlio Cezar.

Deixe uma resposta

Publicidade
 
 
Publicidade

2019 O dia mais - Todos os direitos reservados