Pajuçara: Piscinas naturais são monitoradas para retorno gradual das atividades

Ação foi realizada pelo IMA em parceria com a Colônia de Pescadores Z1; objetivo é a preservação do ambiente recifal

Por Agência Alagoas | Edição do dia 24 de agosto de 2020
Categoria: Maceió, Notícias | Tags: ,


Ascom IMA

As piscinas naturais da Pajuçara são muito conhecidas pelas belezas naturais e os recifes de corais que abrigam diversas espécies. A equipe de Gerenciamento Costeiro (Gerco) do Instituto do Meio Ambiente do Estado de Alagoas (IMA/AL), junto aos representantes da Colônia de Pescadores Z1, estiveram no local, neste último sábado (22), realizando a vistoria de cabos e bóias que visam preservar e proteger as áreas recifais.

Durante o monitoramento, foram estabelecidas novas idas para a reposição de alguns materiais e reforçar a necessidade de conter visitas de banhistas à Piscina do Amor, que é uma zona de exclusão em que se limitam diversos usos em prol da disseminação das espécies marinhas.

Com a retomada dos passeios à Piscina Natural da Pajuçara, jangadeiros e banhistas precisam também, além das medidas de segurança neste período de pandemia, ter compromisso socioambiental.

Maria Aparecida, presidente da Colônia de Pescadores Z1, expôs que a capacitação para os jangadeiros associados, que será marcada pela Gerco do IMA, vai contribuir na sensibilização quanto a preservação desses locais e na identificação do coral-sol, espécie invasora que está ocorrendo no litoral alagoano.

“A parceria com o IMA é muito importante para que a gente retome os passeios de forma gradual, organizada e preservando o meio ambiente. Sempre respaldando à sociedade que os jangadeiros ganham seu pão de cada dia de modo consciente, com consciência ambiental”, afirma a presidente da Colônia.

O IMA, por meio dessas ações e parcerias, visa a preservação das espécies marinhas, como também a contribuição da sociedade às causas ambientais por meio da sensibilização e compromisso.

Deixe uma resposta

Publicidade
 
 
Publicidade

2019 O dia mais - Todos os direitos reservados