Boa Tarde!, Domingo - 23 de Fevereiro de 2020

 

Pagamento do Bolsa Família é liberado

Da redação com Ascom/Semas / 8:11 - 17/11/2015

A partir desta terça-feira (17), os valores referentes ao mês de novembro serão pagos


semas-calendário-bolsa-família

Calendário de pagamentos do Bolsa Família que se iniciam hoje (17) (Foto: Ascom/Semas)

A Secretaria Municipal de Assistência Social (Semas) lembra aos beneficiários do Programa Bolsa Família (PBF) que o calendário de pagamento se inicia hoje. Só em Maceió, são cerca de 80 mil famílias beneficiadas pelo programa e mais de 130 mil estão incluídas no Cadastro Único Para Programas Sociais, o CadÚnico.

O cronograma é estabelecido pelo Ministério do Desenvolvimento Social e Combate à Fome (MDS) e pela Caixa Econômica Federal e seguem uma ordem cronológica, obedecendo ao último dígito do Número de Identificação Social (NIS), impresso no cartão do Bolsa Família.

Hoje (17), serão liberados os pagamentos para os beneficiários cujo último número do NIS termina em 1. O calendário segue até o dia 30 de novembro, quando é liberado o saque do benefício para aqueles que têm o NIS terminado em 0. O valor fica disponível para saque por 90 dias.

Onde sacar?

Os titulares do Bolsa Família podem sacar os valores do benefício nas agências da Caixa Econômica, caixas eletrônicos, Caixa Aqui e casas lotéricas, sempre de posse do cartão do programa. Caso o beneficiário não possua o cartão magnético, os valores podem ser pagos mediante apresentação de uma guia de pagamento avulsa ou de um documento original de identificação, que pode ser o RG, a Carteira Nacional de Habilitação (CNH) ou a Carteira de Trabalho.

Recadastramento
A secretária municipal de Assistência Social, Celiany Rocha, alerta para que os beneficiários observem o extrato de pagamento para saber se precisam ou não fazer o recadastramento do Programa Bolsa Família. O prazo para atualização cadastral, referente ao ano de 2015, segue até o dia 11 de dezembro.

“Nós fazemos um chamamento às famílias que estão há mais de dois anos sem fazer a atualização cadastral para que compareçam e evitem o cancelamento do benefício. Ao mesmo tempo a gente reforça que somente as famílias convocadas, por meio de mensagem impressa no extrato de pagamento do benefício, devem comparecer à sede do CadÚnico”, disse Celiany.

Para o recadastramento, é necessário que o titular do cartão apresente original e cópia dos documentos: carteira de identidade, CPF, título de eleitor, carteira de trabalho e certidão de nascimento (caso possua) de todos os integrantes adultos da família, além da certidão de nascimento e cartão de vacina dos integrantes menores de seis anos. No caso de menores entre sete e 17 anos, a certidão de nascimento também deve ser acompanhada da declaração escolar.


Comentar usando