Operação prende seis acusados de integrarem quadrilha de tráfico de drogas em Maceió

A operação Lacus foi deflagrada na manhã desta terça-feira, 6, nos bairros Jacintinho e Feitosa

Por Redação com assessoria | Edição do dia 6 de outubro de 2020
Categoria: Notícias, Polícia | Tags: ,,,


Foto: Divulgação

Uma operação policial integrada prendeu cinco homens e uma mulher na manhã desta terça-feira, 6, em Maceió. Os presos são acusados de integrarem uma organização criminosa envolvida com tráfico de drogas nos bairros Jacintinho e Feitosa, além de integrarem uma facção criminosa com atuação nacional. Juntamente as prisões foram apreendidos aparelhos celulares, quantidade em dinheiro e um revólver.

Após o trabalho de investigação realizado pela Divisão Especial de Investigações e Capturas (DEIC) e pelo Batalhão de Operações Policiais Especiais (BOPE), iniciado em fevereiro, uma representação foi apresentada pela DEIC e a 17ª Vara Criminal da Capital expediu 12 mandados de prisão e 7 de busca e apreensão para sempre cumpridos nesta manhã.

A operação, denominada Lacus, foi deflagrada pela Secretaria de Estado da Segurança Pública de Alagoas (SSP) e as Polícias Civil e Militar e durante os trabalhos de investigação foi descoberta a existência da organização criminosa que atuava nos dois barros citados. A investigação não descarta a possibilidade de que os aparelhos celulares encontrados com os presos seriam destinados para o sistema prisional.

Após a captura, todos os presos foram levados para a sede da Deic, no bairro da Santa Amélia, para a realização dos procedimentos legais cabíveis.

Coordenada pelo delegado Gustavo Henrique, diretor da DEIC, e pelo comandante BOPE, a operação para cumprimento dos mandados contou com a participação de equipes do Tático Integrado de Grupos de Resgates Especiais (TIGRE), da Seção de Capturas da DEIC e ainda da Asfixia, da Polícia Civil, além do Batalhão de Operações Especiais (BOPE) da Polícia Militar.

A SSP informou que população pode contribuir com o trabalho da Segurança Pública, repassando informações sobre esta e outras organizações criminosas utilizando o Disque–Denúncia. As denúncias podem ser enviadas por meio do aplicativo para smartphone ou podem ser feitas por meio do número 181. A ligação é gratuita e o sigilo garantido.

Deixe uma resposta

Publicidade
 
 
Publicidade

2019 O dia mais - Todos os direitos reservados