Operação interdita bares irregulares em Maceió

Estabelecimentos comerciais foram revistados e lacrados pela SMCCU por não apresentarem o alvará de funcionamento

Por | Edição do dia 1 de outubro de 2015
Categoria: Notícias, Polícia


Pessoas foram revistadas durante a operação (Foto: Assessoria)

Pessoas foram revistadas durante a operação (Foto: Assessoria)

Uma operação que integrou vários órgãos da Segurança Pública de Alagoas, na noite desta quarta-feira (30), culminou com o fechamento de bares que funcionavam de forma irregular na parte alta de Maceió.

Com o objetivo de prevenir o crime nos bairros do Clima Bom e no Conjunto Osman Loureiro, segundo a Secretaria de Segurança Pública, várias pessoas eram revistadas, bares foram fechados e lacrados, além de veículos guinchados por diversas irregularidades.

Estabelecimentos comerciais foram revistados e lacrados pela SMCCU por não apresentarem o alvará de funcionamento. Equipes da Eletrobras fiscalizaram contadores para ver se havia furto de energia.

“Essa é a forma de intimidar os criminosos e evitarmos os crimes. Quando aplicamos as leis nos lugares, as pessoas são obrigadas a mudarem o comportamento. Isso se chama prevenção. Como a área ainda inquieta a Segurança Pública fortalecemos a ação com a união de vários órgãos, contando também com alguns municipais”, explica o secretário de Estado da Segurança Pública, Alfredo Gaspar de Mendonça Neto.

Além dos policiais civis e militares, o secretário contou com equipes da Superintendência Municipal de Convívio e Controle Urbano (SMCCU) e da Superintendência Municipal de Transporte e Trânsito (SMTT), bem como da Eletrobras Distribuição Alagoas e de agentes penitenciários. Estes últimos na tentativa de localizar beneficiados pelo sistema semiaberto e monitorados pela tornozeleira eletrônica que estivessem descumprindo normas.

O secretário de Ressocialização, tenente- coronel Marcos Sérgio, delegados da Polícia Civil e oficiais de operações da Polícia Militar estiveram a frente das ações coordenando as abordagens.

 

Deixe uma resposta

Publicidade
 
 
Publicidade

2019 O dia mais - Todos os direitos reservados