Operação de combate ao abuso sexual de crianças é deflagrada pela PF em Alagoas

Dois mandados de prisão preventiva e um de busca e apreensão foram cumpridos em Maceió e São Miguel dos Campos

Operação de combate ao abuso sexual de crianças é deflagrada pela PF em Alagoas

Dois mandados de prisão preventiva e um de busca e apreensão foram cumpridos em Maceió e São Miguel dos Campos

Por Redação | Edição do dia 19 de janeiro de 2022
Categoria: Alagoas, Polícia | Tags: ,,


A Operação Alcateia, que tem como objetivo combater o abuso sexual de crianças, foi deflagrada pela Polícia Federal (PF), na manhã desta quarta-feira (19). Dois mandados de prisão preventiva e um de busca e apreensão foram cumpridos em Maceió e São Miguel dos Campos, resultando em duas pessoas presas.

As investigações começaram com a Operação Lobos II, no dia 3 de dezembro de 2021, quando conversas de dois suspeitos foram identificadas. Eles diziam como abusavam sexualmente das crianças, relatando realizar filmagens e compartilhamento de imagens. Segundo a PF, eles também são acusados de “alugar” crianças de família de baixa renda ou usuárias de drogas para praticar atos sexuais mediante ao pagamento.

As filmagens gravadas pelos homens, contendo vídeo de pornografia infantil, era repassada através da deepweb e aplicativos de mensagem. Eles são investigados por armazenamento e disseminação de vídeos, estupro de vulnerável, corrupção de menores, favorecimento à prostituição de menores e facilitação de acesso à criança de material contendo cena de sexo explícito ou pornográfica.

Um dos suspeitos já havia sido preso por compartilhar vídeos de pornografia infantil. Agora, ele será investigado por abuso sexual. A PF seguirá com as investigações para localizar mais vítimas e responsabilizar os responsáveis pelas crianças.

Um mandado de prisão e de busca e apreensão foi cumprido em São Miguel dos Campos, enquanto o outro foi em Maceió. Dois pen-drives e um smartphone foram recolhidos e ficarão à disposição da polícia para o inquérito criminal.

*Com informações da PF.

Deixe uma resposta

Publicidade
 
 
Publicidade

2019 O dia mais - Todos os direitos reservados