Operação contra tráfico e homicídios cumpre mais de 60 mandados em Maceió

Operação contra tráfico e homicídios cumpre mais de 60 mandados em Maceió

Por | Edição do dia 28 de julho de 2016
Categoria: Notícias, Polícia


Foram 67 mandados, sendo 32 de prisão e 35 de busca e apreensão. O alvo foram criminosos envolvidos com o tráfico de drogas e homicídios na região metropolitana de Maceió, alguns dos quais reeducandos monitorados por tornozeleira eletrônica. Essa foi a operação conduzida pela Secretaria de Segurança Pública (SSP), Polícia Civil e Polícia Militar na manhã desta quinta-feira (28), que terminou com pelo menos 9 detidos e um suspeito morto em confronto com os policiais.

(Imagem: cortesia)

(Imagem: cortesia)

Os mandados de prisão foram expedidos pela 17ª Vara Criminal da Capital. Entre os presos, estão integrantes de quadrilha com ramificações no Sistema Prisional do Estado.

(Imagem: cortesia)

(Imagem: cortesia)

Os presos e material apreendido foram apresentados em coletiva, na sede da SSP, com a presença da cúpula da pasta. Durante a operação, os detidos foram levados ao Complexo de Delegacias Especializadas (Code) para prestar os esclarecimentos.

(Imagem: cortesia)

(Imagem: cortesia)

Governador se pronuncia

Em outro evento na manhã desta quinta – a assinatura das obras do Eixo Viário do quartel –, o governador Renan Filho foi abordado pelo fato de ser registrado, em apenas dois dias, mais uma “morte em confronto” de suspeitos por parte da polícia.

(Imagem: cortesia)

(Imagem: cortesia)

“Eu acho é que acontecem excessos dos dois lados. Há um mês, um capitão da PM foi morto, atingido em cima de muro, tentando levar segurança para a população. Nessa operação, um carro abriu fogo contra a polícia. Um rapaz selecionado pelo Soprobem para trabalhar no videomonitoramento é quem passava as informações, vejam só”, disse o governador aos jornalistas.

Renan Filho reiterou que não vai tolerar excessos, mas defendeu os policiais. “Qualquer excesso tem que ser punido, agora a polícia tem que trabalhar. Se vivermos em um mundo em que o bandido ache que a polícia não pode trabalhar, aí é que não vai dar certo”.

Deixe uma resposta

Publicidade
 
 
Publicidade

2019 O dia mais - Todos os direitos reservados