“Operação Ares” termina com 13 presos

Foram 72 horas com 13 pessoas presas, apreensão de 20kg de maconha e 500g de cocaína

Por | Edição do dia 17 de novembro de 2015
Categoria: Artigos, Notícias, Polícia | Tags: ,,


Renan Belo

Integrantes de forças policiais falando da “Operação Ares”, na coletiva de ontem (16) (Foto: Renan Belo)

Foi divulgado na tarde desta segunda-feira (16), durante entrevista coletiva na sede da Secretaria de Segurança Pública (SSP), o resultado da “Operação Ares”, desencadeada pelas forças policiais desde a última sexta-feira (13), que ocupou o bairro do Bom Parto, em Maceió.

Foi divulgado na tarde de ontem (16), durante uma entrevista coletiva na Sede da Secretaria de Segurança Pública (SSP), o resultado da “Operação Ares”, referente à ocupação das forças policiais, desde a última sexta-feira (13), no bairro do Bom Parto, em Maceió.

O objetivo da operação – que contou com a ação integrada entre a Polícia Civil, Polícia Militar, Corpo de Bombeiros Militar, Força Nacional, Grupo Especial de Combate às Organizações Criminosas (Gecoc) e Grupamento Aéreo da SSP – era combater o tráfico de drogas e a prática de homicídios naquela localidade.

Um posto de comando também foi instalado no bairro, que funcionou 24 horas por dia, onde os moradores podiam contribuir fazendo denúncias, além de saber informações sobre as pessoas que tinham sido presas.

A operação, que durou 72 horas, resultou na prisão de 13 pessoas e na apreensão de 20kg de maconha e 500g de cocaína, com 14 mandados de busca e apreensão, e 10 de prisão, expedidos pela 17ª Vara Criminal da Capital. Segundo informações policiais, todos os presos possuem envolvimento com o tráfico de drogas e a prática de delitos no bairro.

Na coletiva, o delegado Cícero Lima, gerente da Região 1, ressaltou o êxito da “Operação Ares” e informou que muitas outras estão por vir em combate à criminalidade e em trabalho contínuo.

Slide dos presos

Um slide apresentou todos os presos (Foto: Renan Belo)

Deixe uma resposta

Publicidade
 
 
Publicidade

2019 O dia mais - Todos os direitos reservados