Onu-Habitat e Governo de AL alinham estratégias para desenvolvimento sustentável do estado

Em evento, especialistas discutiram criação de Observatório de Políticas Públicas; projeto vai fornecer dados, conhecimentos, diagnósticos e estratégias para programas estaduais

Onu-Habitat e Governo de AL alinham estratégias para desenvolvimento sustentável do estado

Em evento, especialistas discutiram criação de Observatório de Políticas Públicas; projeto vai fornecer dados, conhecimentos, diagnósticos e estratégias para programas estaduais

Por Assessoria | Edição do dia 3 de novembro de 2021
Categoria: Alagoas | Tags: ,,,


Foto: Reprodução

Pensar outros futuros possíveis para a população alagoana, sem deixar ninguém para trás. Foi com esse intuito que especialistas nacionais se reuniram, nesta quarta-feira (3), no evento “Uma Visão de Futuro para Alagoas – Projetos Estratégicos e Observatório de Políticas Públicas”, realizado pelo ONU-Habitat, em parceria com o Governo de Alagoas e com o Centro Brasileiro de Análise e Planejamento (Cebrap).

Além de ser palco para a apresentação de experiências que já têm dado resultados positivos para o desenvolvimento sustentável do estado, a oportunidade também serviu para alinhar a criação de um Observatório de Políticas Públicas e de um relatório sistematizado sobre projetos estratégicos, que devem aprimorar ainda mais o planejamento e execução das ações pensadas pelo Estado.

“Esses dois produtos estão sendo executados no âmbito do projeto Visão Alagoas 2030, uma parceria que visa apoiar o Governo do Estado com dados, conhecimentos, diagnósticos e estratégias para promover o desenvolvimento urbano sustentável local”, pontuou a Oficial Nacional do ONU-Habitat Brasil, Rayne Ferretti.

De acordo com o coordenador do ONU-Habitat em Alagoas, Alex Rosa, o intuito de ambos os produtos é garantir que os projetos desenvolvidos pelo Estado estejam alinhados aos parâmetros de agendas globais como a Nova Agenda Urbana e a Agenda 2030.

“Essas agendas são importantes porque organizam todos os acordos internacionais em torno do tema, mas o nosso desafio é justamente o de trazê-las para o nível local, apontando o que elas significam para Alagoas e para os municípios. Nesse evento, o objetivo é alinhar esses projetos a essas pautas, analisar o que já temos feito e o que ainda precisamos fazer para alcançá-las”, afirmou o coordenador.

Com a parceria entre o ONU-Habitat e o Cebrap, projetos como o Vida Nova nas Grotas, o Minha Cidade Linda e a Estratégia de Segurança Pública Integrada, por exemplo, passarão a ser foco de análises especializadas, que devem mensurar os benefícios levados à população alagoana por meio dos programas.

 

“O ONU-Habitat já nos acompanha há mais de três anos e tem nos apoiado de forma significativa em diversas frentes. Esse momento sela um pouco do trabalho que fizemos no ano e, ao mesmo tempo, traz os principais caminhos para o ano de 2022 e para o futuro do estado, dando o subsídio necessário para que consigamos avançar ainda mais em políticas públicas assertivas para quem mais precisa”, pontuou o secretário do Planejamento, Gestão e Patrimônio de Alagoas, Fabrício Marques Santos.

Deixe uma resposta

Publicidade
 
 
Publicidade

2019 O dia mais - Todos os direitos reservados