Bom Dia!, Domingo - 21 de Julho de 2019

 

Oficina de crédito apresentará linhas do BB a empresários do Pinheiro, Bebedouro e Mutange

Assessoria Fecomércio AL / 4:12 - 29/03/2019

Articulado pela Fecomércio e pelo Sebrae, evento acontecerá na próxima segunda (1), na sede da Federação


(Assessoria)

(Assessoria)

A programação das Oficinas de Crédito articuladas pela Federação do Comércio de bens, Serviços e Turismo do Estado de Alagoas (Fecomércio AL) e pelo Sebrae Alagoas terá uma nova etapa: na próxima segunda, dia 1º de abril, será a vez da participação do Banco do Brasil. Esta será a terceira instituição financeira a aderir à inciativa das entidades.

A oficina acontecerá às 19h na sede da Fecomércio e vai apresentar o portfólio de serviços ofertados pelo banco que podem atender às necessidades dos empresários dos bairros Pinheiro, Mutange e Bebedouro. Na oportunidade os empresários poderão apresentar as suas demandas.

A iniciativa da Fecomércio e do Sebrae surgiu com o intuito de auxiliar os empresários a encontrar uma alternativa para a sobrevivência de sua empresa nesse momento de incerteza. “As oficinas visam aproximar os empresários das instituições e evitar perda de tempo por parte dos empresários, para que eles não fiquem peregrinando nas várias instituições financeiras. Está propiciando a construção coletiva de caminhos para crédito customizado para atender caso a caso”, afirma Graça Carvalho, assessora técnica da Fecomércio. “Essa parceria tem como objetivo sensibilizar as instituições bancárias para a realidade dos empresários do Pinheiro e adjacências, levando o banco até os empresários, não os empresários até o banco”, complementa a gerente de Políticas Públicas do Sebrae, Renata Fonseca.

BNB

Na última quarta (27), a Oficina de Crédito do BNB aconteceu na sede do Sebrae. O gerente de crédito Joathan Santos apresentou as linhas de crédito trabalhadas pela instituição bancária. Dos produtos, dois despertaram maior interesse dos empresários: a oferta de juros de 0.4% para investimento (pós-fixado com base no IPCA) e de 0.5% para capital de giro (também pós-fixado pelo IPCA).

O gerente solicitou aos empresários presentes que procurassem a agência do BNB para expor suas necessidades e, a partir daí, o banco avaliar como pode adequar seu produto. A ideia é pensar a possibilidade de redefinição de parcelas e ampliação de carência.

Oficina de Crédito Banco do Brasil

Na sede da Fecomércio AL | Rua Professor Guedes de Miranda, 188 – Farol


Comentar usando