Oficiais de Justiça do TJAL recebem 141 kits com equipamentos de proteção

Diretoria de Administração destinou 141 kits para Maceió e Arapiraca; equipamentos já estão nos fóruns das demais comarcas

Por Assessoria | Edição do dia 21 de agosto de 2020
Categoria: Notícias, Regionais


Os coordenadores das Centrais de Mandados Judiciais de Maceió e Arapiraca, Gustavo Macedo e Júlio Fontan, respectivamente, receberam, nesta sexta (21), na Presidência do TJAL, equipamentos de proteção individual (EPIs) para garantir ainda mais segurança ao trabalho dos oficiais de Justiça nestas duas comarcas.

“Os equipamentos vão maximizar a proteção dos nossos colegas quando do trabalho presencial”, comentou o Júlio Fontan, que coordena o trabalho de 26 oficiais de Justiça na Comarca de Arapiraca, a segunda maior do estado. Face shields, luvas e máscaras compõem o kit que será repassado a cada um dos oficiais de Justiça.

“Para os oficiais de Justiça que trabalham em Maceió e Arapiraca, são 141 kits com equipamentos de proteção individual”, observou o engenheiro Ronaldo Brandão, diretor de Administração do Poder Judiciário de Alagoas. Os itens para oficiais de justiça de outras comarcas já foram levados aos respectivos locais de trabalho.

“Para os demais servidores, incluindo oficiais de Justiça lotados nas demais comarcas, os materiais já foram entregues aos diretores dos fóruns”, explicou o também engenheiro Rodrigo Evaristo, que integra o Serviço Especializado de Segurança e Medicina do Trabalho [SESMT] do Judiciário de Alagoas.

O oficial de Justiça Williams Andrade, atual presidente do Sindicato dos Oficiais de Justiça de Alagoas, relembrou que, quando do início do período de isolamento social, a categoria providenciou equipamentos de segurança por conta própria para não comprometer o trabalho de intimação judicial em todo o estado.

O desembargador Tutmés Airan enfatizou o quão importante é a saúde dos servidores, razão pela qual o protocolo sanitário da Corte de Justiça já está definido e publicado no portal do TJ. O documento foi elaborado pelo Departamento de Saúde e Qualidade de Vida (DSQV) e pode ser acessado aqui.

A enfermeira Lilian Loureiro representou a direção do DSQV na reunião em que houve a entrega dos equipamentos, nesta sexta-feira, na Prsidência do TJAL. Ela esclareceu dúvidas sobre o uso dos equipamentos aos servidores e também ao presidente Tutmés Airan de Albuquerque.

“Nosso trabalho é muito externo. Circulamos em vários ambientes efetuando o cumprimento de ordens judiciais. Então, esses EPIs evitam que o oficial sirva como vetor da doença”, destacou o oficial de Justiça Gustavo Macedo, coordenador da Central de Mandados da Capital.

Deixe uma resposta

Publicidade
 
 
Publicidade

2019 O dia mais - Todos os direitos reservados