Bom Dia!, Quarta-Feira - 8 de Abril de 2020

 

O filme Contágio previu a epidemia de coronavírus?

AdoroCinema / 11:51 - 24/03/2020


O assunto é um só atualmente: o Covid-19, a doença transmitida pelo novo coronavírus, é uma triste realidade e o mundo não consegue pensar em outra coisa. E é especialmente nessas épocas difíceis, de epidemias, quarentenas e preocupações, que a população procura não apenas por informações de prevenção, mas também de entretenimento.

Entre tantos filmes, aquele que mais tem se destacado é Contágio, de 2011. E os motivos são vários: seja por ser um dos mais fiéis na retratação de uma pandemia na sociedade, ainda mais em tempos de fake news, seja pela veracidade científica na construção do roteiro e na explicação de como um vírus pode se espalhar na vida real.

Na época em que foi lançado, Contágio foi aclamado pela crítica e pelos especialistas. Inclusive, o Centro de Controle de Doenças, que é o instituto de saúde pública dos Estados Unidos, afirmou que esse foi o produto cinematográfico que mais acertou na tradução de situações reais para histórias de ficção. Mas teria Contágio previsto todos os eventos relacionados ao coronavírus? Como um filme lançado há quase 10 anos conseguiu a proeza de ser tão preciso e realista? O que podemos aprender ou não com isso? Essas são as questões que vamos esclarecer no episódio 48 do Mitos do Pop.

Apresentado pelo jornalista Pablo Miyazawa, o Mitos do Pop semanalmente desvenda os maiores mistérios do mundo do cinema e da televisão, passando também pelas histórias em quadrinhos, literatura, games, música e internet. Com conteúdo inédito, o programa é inspirado nas histórias contadas no livro 52 Mitos Pop – Mentiras e Verdades nos Boatos do Mundo do Entretenimento, lançado por Pablo em 2016.

Confira:

 


Comentar usando