Novo sistema de postagem do TJAL deve economizar mais de R$ 1 milhão por ano

e-Carta será empregado na comunicação do Judiciário com entidades, órgãos, empresas e cidadãos no decorrer de processos judiciais

Novo sistema de postagem do TJAL deve economizar mais de R$ 1 milhão por ano

e-Carta será empregado na comunicação do Judiciário com entidades, órgãos, empresas e cidadãos no decorrer de processos judiciais

Por Dicom TJAL | Edição do dia 19 de fevereiro de 2021
Categoria: Alagoas | Tags: ,,,


Foto: Caio Loureiro

O Tribunal de Justiça de Alagoas (TJAL) vai utilizar um novo sistema de postagem que deve trazer economia de mais de R$ 1 milhão por ano. O e-Carta, funcionalidade criada pelos Correios, será empregado na comunicação do Judiciário com entidades, órgãos, empresas e cidadãos no decorrer de processos judiciais.

De acordo com o diretor de Tecnologia da Informação do TJAL, José Baptista Neto, a economia mensal deve girar em torno de R$ 100 mil. O e-Carta começará a ser usado dentro de dois meses. “O sistema é bastante ágil e são poucos os Tribunais que o utilizam. As intimações que não forem feitas por oficiais de Justiça serão encaminhadas através do e-Carta”, explicou Baptista, ressaltando que o Judiciário estadual encaminha, mensalmente, cerca de 20 mil notificações aos Correios, de forma eletrônica.

O uso do sistema foi discutido em reunião do Comitê de Governança de Tecnologia da Informação e Comunicação do TJAL, nesta sexta-feira (19). Segundo o coordenador do órgão, desembargador Fernando Tourinho, a aprovação do uso do e-Carta já havia sido feita pelos integrantes anteriores do comitê. “Vamos agora efetivar. O sistema vai possibilitar redução de custos e melhora no serviço”, destacou.

Participaram da reunião os juízes Anderson Passos, Alexandre Lenine, Antônio Rafael Casado, além do procurador-geral Filipe Lôbo, do secretário especial da Presidência, Ewerton Protázio, do diretor-geral do TJAL, Alexandre Sodré, entre outros servidores.

Deixe uma resposta

Publicidade
 
 
Publicidade

2019 O dia mais - Todos os direitos reservados