Novo estudo sísmico será realizado na Lagoa Mundaú a partir desta quinta, 6

O novo estudo será realizado pela Braskem e deve durar oito dias, das 7h às 17h

Novo estudo sísmico será realizado na Lagoa Mundaú a partir desta quinta, 6

O novo estudo será realizado pela Braskem e deve durar oito dias, das 7h às 17h

Por | Edição do dia 4 de março de 2020
Categoria: Maceió, Notícias | Tags: ,,


8690000548_3422628323_b

Foto: Fred Matos / Reprodução / Internet

Um novo estudo sísmico será realizado na Lagoa Mundaú, em Maceió, pela Braskem. O motivo seria para entender o afundamento de solo ocorrido nos bairros do Pinheiro, Mutange, Bebedouro e Bom Parto, devido à extração de sal-gema da região.

Para realizar a análise, a Braskem precisou pedir a autorização do Instituto do Meio Ambiente (IMA), que foi concedida. A empresa garante que o plano não causará danos na prática de pesca do local, devido ao método silencioso de trabalho, que não gera ruídos ou ondulações.

Os dados serão coletados por equipamento semelhante ao ultrassom, que será instalado em um barco, que captura imagens do solo e subsolo em até 40 metros de profundidade. O barco irá navegar lentamente, a 6km/h.

Um segundo barco equipado com microfone irá garantir que as ondas emitidas pelo equipamento de coleta de dados não impacte na vida dos animais da lagoa. Além disso, monitoramentos laboratoriais diários de qualidade da água estão sendo feitos, em pontos pré-determinados pelo IMA. Todas as informações estão sendo reportadas ao órgão ambiental.

As atividades devem durar oito dias e serão realizadas das 7h às 17h, por uma empresa especializada na área de estudos ambientais e geológicos.

Um monitoramento contínuo no local também será realizado para garantir que nenhuma alteração do meio ocorra.

Deixe uma resposta

Publicidade
 
 
Publicidade

2019 O dia mais - Todos os direitos reservados