Novas medidas de combate à Covid serão anunciadas em Alagoas

Casos da covid-19 aumentam significativamente no estado, possibilidade de lockdown é descartado

Novas medidas de combate à Covid serão anunciadas em Alagoas

Casos da covid-19 aumentam significativamente no estado, possibilidade de lockdown é descartado

Por Beatriz Rodrigues - sob supervisão | Edição do dia 2 de março de 2021
Categoria: Coronavírus | Tags: ,


Após uma reunião com o prefeito da capital alagoana, JHC, na última segunda (01), o governador Renan Filho não encontrou uma solução mútua para o decreto das medidas restritivas para o enfrentamento do novo Coronavírus. O governador pode utilizar das autoridades competentes para decretar lockdown em todos os municípios alagoanos.  Apesar de nenhuma posição oficial, já está circulando boatos de que bares e restaurantes vão fechar, e que o sistema de toque de recolher será adotado no Estado.

Mesmo que a informação que está sendo veiculada nas mídias não ser originadas de fontes oficiais, se espera uma medida mais restritiva do governo no cenário atual de pandemia, visto que quase todos os estados Brasileiros estão com o sistema de saúde colapsado, e grande parte deles com toque de recolher ou até mesmo o lockdown.

Em nota a Prefeitura de Maceió esclarece que existe um grupo de trabalho entre o Governo do Estado e a Prefeitura para tratar das ações de combate ao coronavírus. Uma reunião do grupo acabou há pouco e todas as medidas serão anunciadas em conjunto ao longo da semana, que em nenhum momento foi tratado sobre lockdown. Reforçamos que todos estão empenhados e preocupados com a situação e que segue ouvindo os especialistas, bem como o setor produtivo. Nosso objetivo comum é proteger e salvar vidas.

Já o Governador, anunciou em uma coletiva na semana passada que não nega a possibilidade da volta do distanciamento controlado. “Eu tenho lutado muito para não fechar mais os setores produtivos do Estado, para não fechar a economia, mas é fundamental que empresários e que o cidadão alagoano compreendam que a gente não pode ver superlotados os hospitais, porque se a taxa de ocupação subir muito, não nos restará outra alternativa”, alertou o Renan Filho, na última quarta-feira (24).

FASE AZUL

Atualmente o estado de alagoas está na fase azul, que permite bares, restaurantes, templos, igrejas, instituições religiosas em geral aumentem seu público para 75% do aforo total. Já as academias, clubes e centros de ginástica continuam operando com 50% da capacidade. O transporte intermunicipal permanece com os atuais 50% de funcionamento da frota.

LEITOS DE OCUPAÇÃO UTI 

CAPITAL

 

Hospital da Mulher (leito adulto) 80%
Hospital da Mulher (leito pediátrico) 40%
Hospital Metropolitano 73%
Hospital Universitário 57%
Hospital Dr. Hélvio Auto 100%
Maceió 66%

 

INTERIOR

 

Unidade de Emergência do Agreste (Arapiraca) 93%
Hospital Regional do Norte (Porto Calvo) 80%
Hospital Regional Nossa Senhora do Bom Conselho (Arapiraca) 90%
Santa Casa de Penedo 60%
Santa Casa de São Miguel dos Campos 100%
Hospital Santa Rita (Palmeira dos Índios) 83%
Hospital Clodolfo Rodrigues (Santana do Ipanema) 70%
Hospital Regional da Mata (União dos Palmares) 60%
Hospital Chama de Arapiraca 86%
Arapiraca 90%
São Miguel dos Campos 100%
Santana do Ipanema 70%
União dos Palmares 60%
Porto Calvo 80%
Palmeira dos Índios 83%
Penedo 60%

 

fonte: SESAU/AL

 

EM ALAGOAS

Alguns Municípios Alagoanos  decretaram algum sistema e distanciamento social como é o caso de Viçosa, onde os moradores devem permanecer em casa entre 21h e 5h. Decreto válido até o dia 11 de março, e pode ser prorrogado. A cidade de Maribondo determinou toque de recolher das 20h até às 5h até o dia 15 de maio.

ESTADOS VIZINHOS

PERNAMBUCO – O governo de restringiu as atividades não essenciais das 20h às 5h. Aos sábados e domingos, somente os serviços essenciais podem funcionar. A ocupação dos leitos da rede pública é de 93%.

BAHIA– O governador  anunciou hoje que vai prorrogar, por mais 48 horas, com vigência para todo o estado, o decreto que suspendeu todas as atividades não essenciais. Ele também decidiu estender até o próximo domingo (7) o toque de recolher que restringe a circulação de pessoas entre as 20h e as 5h, A taxa de ocupação atingiu 84%, o maior patamar desde o início da pandemia.

RIO GRANDE DO NORTE – O governo publicou um decreto que proíbe circulação de pessoas entre 22h e 5h em todo o estado, além de determinar suspensão de eventos e até atividades religiosas. Sem vagas na Grande Natal, os pacientes estão sendo transferidos de avião para o interior do estado. As taxas de ocupação de UTI chega aos 100%.

 

 

Deixe uma resposta

Publicidade
 
 
Publicidade

2019 O dia mais - Todos os direitos reservados